Anitta fica loira e tampa só parte do peito para gravar novo clipe

A cantora Anitta esteve em Salvador, nesta quinta-feira (31), para a gravação do clipe da nova música “Bola, Rebola”, que tem direção de Lula Carvalho. O cenário escolhido pela artista foi o bairro da Gamboa, que fica ao lado do Solar do Unhão, na Avenida Contorno, um dos cartões postais da cidade.

O novo single tem participação de J. BalvinTropkillaz e Mc Zaac. Esses dois últimos também fizeram parte do clipe de “Vai Malandra”, gravado no Rio de Janeiro. As gravações começaram no início da manhã e movimentam a comunidade da Gamboa.

Anitta chegou ao set de filmagem por volta das 8h30. Com o cabelo loiro, a cantora abusou da sensualidade e está quase sem roupa para as gravações em Salvador. Usando um biquíni de crochê minúsculo e com as cores do Olodum, a cantora deixou pouco para a imaginação e tampou apenas parte dos peitos.

J. Balvin é colombiano e veio ao Brasil para rodar o clipe com a artista. Ele já fez parceria com Anitta no clipe da música “Downtown”.

Nesse verão, a praia da Gamboa é a “queridinha” dos baianos. Alguns moradores da comunidade vão participar do clipe, que tem previsão de lançamento para o dia 22 de fevereiro.

A música é dançante e com clima de festa. O clipe terá passagens da cantora em bar, churrasco e baladinha noturna em uma das lajes do Solar da Gamboa.

 

 

Fonte: G1

Inscrições de caminhões para o Corso iniciam nesta sexta-feira (1)

A Prefeitura de Teresina, através da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves e da Comissão Organizadora do Carnaval (COC), já definiu os últimos detalhes do maior Corso, que acontece às 16h no dia 23 de fevereiro, na Avenida Raul Lopes. O edital com as inscrições para os proprietários dos caminhões será lançado na sexta-feira (01). Outra novidade da edição é que serão premiadas com valor de R$ 1 mil as 10 melhores fantasias escolhidas nas redes sociais da Fundação. A expectativa dos organizadores é que superem mais de 400 mil foliões.

O Corso na capital em 2019 terá inovações com atrações no percurso. A festa, que já se consagrou como a maior manifestação popular da capital, terá palcos temáticos que serão espalhados na avenida com diferentes estilos musicais. “Teremos quatro palcos temáticos, com diferentes artistas locais, com músicas carnavalescas, baianas, Dj’s. Ano passado, houve uma reclamação que a avenida ficava sem som quando os caminhões passavam, um ‘buracos de som’, e este ano vamos trazer esta novidade”, mencionou Luiz Carlos Martins, presidente da Fundação Monsenhor Chaves.

Além das premiações dos caminhões mais animados e com a melhor originalidade, nos anos anteriores apenas três fantasias levavam as premiações em dinheiro. Nesta edição do Corso, dez serão escolhidas. “As fotos das fantasias devem ser enviadas para o Instagram da FMC e da PMT e as mais curtidas e comentadas receberão R$ 1.000,00. Essa é uma forma de estimular as pessoas a se fantasiarem da melhor forma possível”, afirmou o presidente.

Outro detalhe acertado entre a FMS e a Superintendência Municipal de Transportes e Trânsitos (Strans) está no percurso dos caminhões que inicia entre o balão do setor esportivo da Universidade Federal do Piauí (UFPI). “Antes os carros se posicionavam na Avenida Petrônio Portela, este ano os caminhões ficam na própria rotatória, que liga a Avenida Universitária, próximo ao balão da UFPI”, explica.

As atrações musicais iniciam às 16h. Os desfiles dos caminhões têm início às 17h, com abertura do caminhão da acessibilidade e banda da FMS compondo sambas e enredos carnavalescos, e por volta das 21h, o último carro encerrará o percurso. A prefeitura reforçará o aumento da frota de ônibus e dos transportes alternativos no dia da festa. O ideal é que os foliões evitem o trânsito e escolham rotas alternativas de transportes, como aplicativos e táxi. “Por uma questão de segurança e transtorno é aconselhável sair em grupos e evitar deixar o carro próximo da avenida, além disso, evitar ingerir bebidas alcoólicas e cair numa blitz”, observa Luiz.

Prefeitura destina R$ 992 mil para Corso e Carnaval

De acordo com a FMS, com relação à segurança, a tradicional festa, que atrai multidões de público e famílias e movimenta a economia local, contará com apoio da Polícia Militar, Guarda Municipal e segurança privada. A prefeitura reservou R$ 992 mil para o Carnaval em 2019, que incluem toda infraestrutura do desfile, palcos, decoração, banheiros no Corso, os concursos de Rei e Rainha do Carnaval e um auxílio financeiro aos Blocos de Rua espalhados pela cidade.

Logo após o Corso, todas as energias estarão voltadas para os Blocos de Rua distribuídos nos quatro dias de folia, que, assim como anos anteriores, irão contemplar todas as zonas de Teresina. De acordo com a FMC, este ano os blocos têm programação, desde a abertura de Carnaval, até a terça-feira. A Fundação já mapeou as rotas e concedeu auxílio financeiro a esses blocos que animam toda a cidade.

Programação

Os editais estão disponibilizados a partir desta sexta-feira (01) no site da PMT e da Fundação. Ainda no dia 1º de fevereiro, acontece a escolha e coroação das Majestades de Teresina, da rainha Trans e da escolha do Rei e Rainha da terceira idade no Iate Clube de Teresina, às 19h. Já no dia 15 de fevereiro, será realizada a 8ª    edição do tradicional Festival de Marchinhas no Palácio da Música, Rua Santa Luzia, 1241, Centro/Sul.

 

 

Fonte: Portal Meio Norte

Sexualidade é tema de conversa com mulheres em situação de violência

Sofrer uma violência pode afetar a sexualidade de uma mulher. Pensando nisso, o Centro de Referência Esperança Garcia (CREG) levou na manhã desta quinta-feira (31) a sexóloga e ginecologista Andrea Rufino para falar sobre saúde e sexualidade com as mulheres em situação de violência atendidas pela casa.

Para Andrea Rufino, é importante conhecer as mulheres, saber as demandas, dúvidas e o que mexe com elas quando o assunto é sexualidade. “É preciso saber qual a realidade delas, o que elas querem, quais curiosidades elas têm. E a partir disso ofertar conhecimento, uma reflexão sobre a sexualidade na vida delas, como é vivenciada”, explicou a sexóloga.

Durante o papo, Rufino desmistificou tabus e falou sobre a importância de conhecer o próprio corpo, inclusive como um meio de se empoderar. “Será que a sexualidade é vivenciada para dar prazer, satisfação, plenitude, ou é um veículo de sofrimento, submissão a um relacionamento que não faz mais sentido? Queremos ajudá-las a ter clareza de como fazer bom uso da sexualidade e como ela pode ser um veículo de empoderamento pessoal”, disse.

Segundo a psicóloga do CREG, Tanandra Borges, após sofrer uma violência, muitas mulheres se questionam sobre o seu papel enquanto mulher. “A sexualidade vai além do sexo e muitas vezes desenvolver isso é complicado após uma violência doméstica, muitas têm um bloqueio para novos relacionamentos. Muitas também entram em um novo relacionamento sem perceber que vivenciavam uma violência no relacionamento anterior e começam a reproduzir um novo ciclo de violência”, pontuou.

Tanandra ainda alertou que falar do tema é importante, pois você pode alertar a mulher de que ela vive uma violência sexual que muitas vezes ela nem percebe. “Como muitos agressores são parceiros íntimos, maridos, companheiros, namorados, tem uma relação que muitas vezes pode ser uma violência sexual velada”, finalizou a psicóloga.

 

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina

Grazi Massafera quer mudar o nome da filha! Veja por que e como ficará:

Grazi Massafera tem planos de mudar o seu sobrenome e o de Sofia, entenda:

O sobrenome da atriz Grazi Massafera e de sua filha Sofia pode mudar para conseguir o passaporte italiano

O apresentador e produtor de moda, Matheus Mazzafera, fez uma revelação curiosa sobre sua prima, a atriz Grazi Massafera. Luciana Gimenez perguntou a Matheus, em seu programa Luciana By Night, se ele tinha algum parentesco com Grazi e ele explicou que os dois têm o mesmo bisavô, ou seja, são primos de segundo grau.

E ao explicar porque os dois têm sobrenomes com grafias diferentes, o de Matheus tem ZZ enquanto o de Grazi tem SS, o apresentador acabou revelando que a atriz planeja mudar o seu sobrenome e o da filha Sofia, de 5 anos, para Mazzafera ao invés do atual Massafera!

Grazi Massafera e Sofia (Foto: AgNews)

Matheus explicou que inicialmente seu sobrenome também era MaSSafera, porém ele mudou para MaZZafera para obter o passaporte italiano. Ele pode realizar o processo para obter cidadania italiana porque seu bisavô em comum com Grazi era italiano. “Grazi é minha parente. Eu nasci com o sobrenome SS só que depois que eu fiquei maiorzinho minha mãe quis tirar o passaporte italiano e para tirar o passaporte italiano a gente teve que registrar o nome corretamente. E ai minha mãe contratou pessoas para pesquisar isso e acharam a cidade da Itália de onde meu bisavô veio e o sobrenome correto era com ZZ!  Só que quando meu bisavô chegou aqui no Brasil erraram e colocaram com SS!  Daí erraram o meu e o da Grazi porque nosso bisavô é o mesmo”, disse Matheus.

O apresentador então contou que Grazi também tem planos de mudar o seu sobrenome e o da filha Sofia para Mazzafera para poder retirar o passaporte italiano tanto para ela quanto para a filha. “E ai a Grazi até me perguntou qual era a cidade na Itália e tudo, eu acho que ela quer mudar também para poder dar o passaporte para a filha dela. Até passei o contato para ela e tudo”, concluiu Matheus.

 

 

Fonte:R7

Adoçante não emagrece nem melhora a saúde, diz estudo

O adoçante não emagrece nem melhora a saúde, de acordo com um estudo realizado pelo grupo de pesquisa internacional Cochrane a pedido da OMS (Organização Mundial da Saúde) e publicado no British Medical Journal. O órgão prepara um relatório com orientações sobre como substituir a substância.

Em comparação com o açúcar, o estudo mostra que não há evidências convincentes de que os adoçantes possam ajudar a perder peso, embora ressalte que mais pesquisas ainda são necessárias para embasar essa afirmação.

O estudo contou com uma equipe de pesquisadores europeus que analisaram 56 pesquisas sobre o impacto do uso de adoçantes como o aspartame e a estévia no peso, no controle glicêmico e em doenças cardiovasculares.

Como conclusão, o estudo afirma não haver “nenhuma diferença estatística ou clínica relevante entre aqueles que utilizaram adoçantes e açúcar”.

Não há evidências de que o adoçante seja mais saudável que o açúcar.

Em editorial do periódico BMJ, Vasanti Malik, da Escola de Saúde Pública da Unviersidade Harvard, nos Estados Unidos, ressaltou que mais pesquisas são necessárias para comprovar essa tese.

No entanto, segundo ele, com base nas evidências já existentes, substituir o açúcar por adoçantes, especialmente em bebidas, pode ser uma estratégia útil para reduzir o risco de diabetes, doença cardíaca e AVC.

O endocrinologista Renato Zilli, do Hospital Sírio-Libanês, frisa que os adoçantes devem ser utilizados em quantidade limitada. “O gosto doce no cérebro faz com que a pessoa deseje alimentos mais doces. Existem estudos que ligam adoçantes a compulsão alimentar, diabetes, ganho de peso e doenças crônicas”, afirma.

Fabricantes de alimentos e de bebidas estão sob pressão no Brasil e em outros países ocidentais para ajudar a combater a epidemia de obesidade.

A OMS tem como objetivo produzir orientações sobre os adoçantes, pois seu uso é difundido como uma alternativa saudável ao açúcar.

 

 

Fonte: R7

Eduardo Costa pede que segurança agrida homem durante show

O cantor Eduardo Costa usou sua conta no Instagram para explicar o incidente ocorrido durante o show dele nos Estados Unidos, no último sábado (26). Na ocasião, houve um princípio de tumulto na plateia, e o artista pediu para que seguranças dessem “uns tapas” em um homem.

“Eu estou sabendo que tá tendo uma fofocaiada aí no Brasil, falando que eu mandei o segurança bater num cara, agredir o cara no show, e não é mentira não, é verdade”, disse o artista em vídeo, que depois ainda disse que o segurança “estava lá para isso”.

Ele completou: “O cara vai para o show, começa a brigar no meio do público, começa a empurrar as pessoas, e lá no meio do público tinha senhoras de idade, pessoas de bem que vão para o show para se divertir. Aparece um cidadão, bêbado, louco, empurrando, jogando bebida nas pessoas, jogando coisas em cima no palco, e isso não é bom”, disse.

O artista deu mais detalhes do que ele fez no show. “Então eu pedi para o segurança tirar ele e de fato dar uns tapas que é o que ele merecia, na verdade ele merecia ir para a cadeia e ser deportado dos Estados Unidos para o Brasil. O show não é lugar de brigar”, opinou.

Toda a confusão foi registrada em vídeo por uma pessoa presente. É possível ver um segurança retirar o homem e o arrastar para fora do ambiente. Ele estava acompanhado de uma mulher, que ficou no ambiente.

Não é de hoje que Eduardo Costa se mete em polêmicas. Recentemente, entrou em atrito com a apresentadora Fernanda Lima após ela divulgar um discurso feminista. Ele a chamou de ‘imbecil’ e trava com ela um processo na Justiça.

 

 

Fonte: Folhapress

MEC divulga hoje os resultados do Sisu

O Ministério da Educação (MEC) divulga nesta segunda-feira (28) o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), pela internet e pelo aplicativo do Sisu. Os estudantes que não foram selecionados podem participar da lista de espera a partir desta terça-feira (29).

Aqueles que foram selecionados devem fazer a matrícula nas instituições de ensino no período de 30 de janeiro a 4 de fevereiro. Os estudantes devem ficar atentos aos dias, horários e locais de atendimento definidos por cada instituição em seu edital próprio.

Quem não foi selecionado pode ainda participar da lista de espera. A adesão pode ser feita na página do Sisu, a partir desta quarta-feira (30), até o dia 5 de fevereiro. Esses alunos serão convocados pelas próprias instituições de ensino a partir do dia 7 de fevereiro.

A principal novidade deste ano é que os estudantes que forem selecionados em qualquer uma das duas opções feitas na hora da inscrição não poderão participar da lista de espera. Até o ano passado, aqueles que eram selecionados na segunda opção podiam ainda participar da lista e ter a chance de ser escolhido na primeira opção.

Ao todo, o Sisu oferece, nesta edição, 235.461 vagas em 129 instituições públicas de todo o país. Puderam se inscrever no programa os estudantes que fizeram o Enem 2018 e obtiveram nota acima de zero na prova de redação. Segundo o MEC, 3,5 milhões de estudantes preencheram os requisitos.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Piauiense está entre os desaparecidos na tragédia de Brumadinho

Edson Rodrigues dos Santos, funcionário da Vale e natural do município de Guadalupe, localizado no sul do Piauí, está na lista dos desaparecidos em Brumadinho, em Minas Gerais.

A lista com os nomes de 252 funcionários e terceirizados que não foram mais vistos desde o rompimento da barragem na tarde de sexta (25), foi divulgada pela Vale na noite de sábado (26). O número é menor que o de desaparecidos divulgado pelos bombeiros, que é de 296.

Edson Rodrigues dos Santos.

Até o momento, há confirmação de 58 mortos. Destes, 19 foram identificados. Há 305 desaparecidos, e 192 pessoas foram resgatadas vivas.

As buscas entraram hoje (28) no quarto dia; 130 militares de Israel chegaram a Minas Gerais na noite de domingo e darão apoio aos bombeiros.

 

 

Fonte: Portal R10

Cinemas Teresina realizam pré-estreias de “À Pé Ele Não Vai Longe” e “Lizzie

Nos Cinemas Teresina além de muitos lançamentos, nesta cinesemana terá duas pré-estreias: “À Pé Ele Não Vai Longe” e “Lizzie”.

A mistura de comédia, drama e biografia “À Pé Ele Não Vai Longe”, é uma adaptação para os cinemas da história de vida de John Callahan(Joaquin Phoenix), um cartunista renomado que se destacou por seu humor ácido e também por colocar suas vivências de quadriplégico com irreverência no papel. A exibição será no sábado (26), às 11h.

Já a pré-estreia de “Lizzie” será no domingo (27), às 10h30. O suspense que se passa em 1892, em plena Era Vitoriana, destaca a história de Lizzie Borden (Chloë Sevigny), uma mulher solteira que ainda vive sob a rigidez de seu pai Andrew (Jamey Sheridan), apesar de ter atitudes consideradas ousadas para a época. Tal situação vive provocando atritos entre pai e filha, ampliados pelo frágil estado de saúde dela. Menosprezada como filha e como mulher, Lizzie aos poucos se aproxima de Bridget Sullivan (Kristen Stewart), uma jovem criada que trabalha há pouco tempo para a família.

Os Cinemas Teresina ainda trazem o lançamento nacional de “Creed II” com a continuação da trajetória de Adonis Creed (Michael B. Jordan). Ele saiu mais forte do que nunca de sua luta contra ‘Pretty’ Ricky Conlan (Tony Bellew), e segue rumo ao campeonato mundial de boxe, contra toda a desconfiança que acompanha a sombra de seu pai e com o apoio de Rocky (Sylvester Stallone). Sua próxima luta não será tão simples, ele precisa enfrentar um adversário que possui uma forte ligação com o passado de sua família, o que torna tudo ainda mais complexo.

“A Nossa Espera” também chega aos Cinemas Teresina. No drama, Olivier (Romain Duris) é o politizado funcionário de uma fábrica, onde volta e meia bate de frente com seus superiores para defender os colegas de trabalho. Um dia, ele é surpreendido com o súbito desaparecimento de sua esposa, Laura (Lucie Debay). Sem saber o que aconteceu nem para onde ela foi, Olivier precisa conciliar o trabalho com a criação de seus dois filhos, Elliot (Basile Grunberger) e Rose (Lena Girard Voss).

A comédia nacional “Eu Sou Mais Eu” é outra estreia da semana. No filme, Camila Mendes (Kéfera Buchmann) é uma popstar arrogante, que busca o sucesso a todo custo. Prestes a lançar uma nova música, ela é surpreendida em casa pela visita de sua fã número 1 (Marcella Rica), que insiste em tirar uma selfie com ela. O que Camila não esperava era que tal situação a levasse de volta à adolescência, quando sofria bullying de praticamente todos no colégio. Seu único amigo é Cabeça (João Côrtes), que tenta ajudá-la a encontrar seu verdadeiro eu, já que só assim conseguirá voltar à sua realidade.

Continuam em exibição nos Cinemas Teresina os longas: “Diamantino”, “A Esposa”, “Como Treinar Seu Dragão 3”, “Homem-Aranha no Aranhaverso”, “WiFi Ralph – Quebrando a Internet”. “Vidro”, “Máquinas Mortais”, “Aquaman” e “Temporada”.

MPB vai embalar encerramento do Festival The Vejo na Ponte neste domingo (27)

A 1ª edição do Festival The Vejo na Ponte encerra neste domingo (27) e já deixa saudades em muitos teresinenses. Com apresentações de Vavá Ribeiro, Teófilo e Flávio Moura, o Complexo Turístico Ponte Estaiada se despedirá do último domingo de evento apresentando artistas que produzem e interpretam o melhor da MPB.

Além desses artistas, o cantor Flávio Moura irá reunir nomes como João Cláudio Moreno, Soraya Castello Branco e Luciano Santos em sua apresentação. A ideia, segundo o artista, é inserir essas participações mais que especiais em algumas canções.

O público, que não desanimou com a presença da chuva, permaneceu fiel aos dois primeiros domingos de festa e superou a expectativa dos organizadores, somando cerca de 3.000 pessoas ao logo do primeiro e segundo domingo da programação. O esperado é que o último dia do Festival seja com um público maior, dada a consolidação da festa nos domingos passados (13 e 20).

Além dos shows musicais, o evento conta ainda com espaço para crianças, com brinquedos e atividades lúdicas, duas praças de alimentação, exposições e estúdios de tatuagem.

O gestor da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec), Venâncio Cardoso, destaca a organização e o apoio do público ao festival. Além disso, ele convida os teresinenses para prestigiarem o último dia do festival. “O público teresinense está de parabéns. É muito bonito ver que nem a chuva afastou a vontade de prestigiar os artistas da nossa terra. Dia 27 é o último domingo de Festival e convido a todos para curtirem essa festa que está muito organizada, diversificada, segura e que é de todos nós”, comentou.

O The Vejo na Ponte é um evento que pretende ser fixo no calendário teresinense, na tentativa de preencher um vácuo na programação do mês de janeiro, período de férias na capital, e estimular a ocupação de espaços turísticos de Teresina.

Pelo palco do Festival já passaram seis bandas:  Validuaté, Full Reggae, Prowler, Bia e os Becks, Alma Roots e Top Gun. A iniciativa é uma ação da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (Semdec) em parceria com a Fundação Monsenhor Chaves (FMC).

 

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina

Carnaval 2019: Inscrições para majestades acontecem até esta sexta-feira (25)

Brilho, samba no pé e simpatia, esses são quesitos especiais para ser a nova majestade do Carnaval de Teresina. Para os interessados em concorrer ao cargo de Rei e Rainha da folia 2019 as inscrições acontecem até esta sexta-feira (25) na sede da Fundação Municipal de Cultura Monsenhor Chaves (FMC).

Nesta edição, a novidade é o aumento da premiação de acordo com as categorias: tradicionais, pessoa idosa, pessoa com deficiência e trans. O valor disponibilizado às majestades tradicionais é de R$ 5.000,00 e as demais R$ 3.500,00.

De acordo com Vilma Morais, membro da Comissão Organizadora do Carnaval, até o momento o concurso soma dez candidatos inscritos. “Estamos com dez candidatos concorrendo, sendo cinco mulheres e cinco homens. Hoje recebemos a ligação de mais concorrentes que estão organizando a documentação para fazer a inscrição”, afirmou.

Já inscrito no concurso, o cabeleireiro e maquiador Rikardo Ribeiro, natural de São Paulo, acredita que tem grandes chances de ser o novo Rei de Carnaval. “Desde muito novo tenho contato com o carnaval e sempre me encantou, mas desde quando mudei para Teresina que me interessei mais e acredito que posso chegar a ser o novo Rei do Carnaval”, disse o candidato.

A escolha e coroação das novas majestades da cidade acontece no dia 1 de fevereiro, no Iate Clube, às 19h.

Papel Social

Muito mais do que personagens que exaltam a alegria e beleza do povo brasileiro, a premiação tem um papel social muito importante. Além das aparições nos bailes carnavalescos, eles reforçam o caráter democrático da festa e levam o entusiasmo para quem está distante das ruas, com visitas a hospitais, abrigos e espaços de convivência.

“Após o concurso, temos varias solicitações de hospitais, orfanatos, escolas e eventos carnavalescos de bairros. São muitas solicitações e mostram a importância da cultura ser bem incentivada pela Prefeitura e, principalmente, que o povo ainda abraça a história do rei e rainha do carnaval”, destaca Vilma.

 

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina

Exposição propõe olhar diferenciado para moradores de rua

Quantas vezes nos deparamos com moradores de rua em nosso cotidiano? Qual a nossa percepção quanto a essas pessoas e a situação em que se encontram? Estes são alguns questionamentos levantados pela exposição “Essa Rua Também é Minha!”, que acontece na Galeria do Inconsciente, no Parque da Cidadania. A abertura será nesta sexta-feira (25), às 9h30 da manhã.

A iniciativa é do Consultório na Rua, equipe itinerante que faz assistência em toda Teresina para a população em situação de rua. “Nosso objetivo é retratar a vivência dos moradores em situação de rua do município de Teresina através dos olhares dos profissionais do consultório na rua, com a colaboração de um fotógrafo voluntário”, informa a enfermeira Marina Leite.

Ela explica que o senso comum é que moradores de rua sejam vistos como perigosos, “vagabundos”, e muitas pessoas têm receio de serem abordadas por pedido de esmola. “Há aqueles que sentem pena, em atitude mais violenta alguns chegam a xingá-los e agredi-los de diversas formas; sendo brutalidades estas que marcam comumente nosso ambiente urbano”, conta a enfermeira. Os relatos dos usuários do Consultório na Rua trouxeram inquietações que levaram à necessidade da exposição.

As fotos são de autoria de Marco Aurélio de Sousa, estudante de Comunicação Social que colabora voluntariamente com a equipe. Ele relata a necessidade de fazer visíveis as histórias escondidas destas pessoas e convida a todos a entrar em contato com esta realidade que muitas vezes é ignorada. “À vista dos que insistem em não ver, tudo é como deveria ser: tão simples como o preto no branco. Afinal de contas manter-se na zona de conforto consolidado há gerações distancia de perspectiva as expressões das questões sociais”, diz.

Marina Leite também convida para a exposição, que estará aberta por um período de 30 dias de terça a sexta-feira, das 16h às 20h. “É uma experiência muito marcante, porque nós devemos ter noção e embasamento em relação a essa população em situação de rua no mundo, no Brasil e em Teresina”, diz.

Dados nacionais

O Brasil não conta com dados oficiais sobre a população em situação de rua. Esta ausência prejudica a implementação de políticas públicas voltadas para este contingente e reproduz a invisibilidade social da população de rua no âmbito das políticas sociais.

A estimativa da população em situação de rua no Brasil utiliza-se de dados disponibilizados por 1.924 municípios via censo do sistema único de assistência social (censo SUAS). Com base nessa informação, estima-se que existiam, em 2015, 101.854 pessoas em situação de rua no país.

 

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina

Janeiro Roxo| FMS e diversas entidades se unem no combate à hanseníase

O último domingo de janeiro é marcado pelo dia mundial de Combate à Hanseníase, e em alusão à data entidades do mundo inteiro promovem ações durante este mês, em uma campanha que foi batizada como Janeiro Roxo. Em Teresina, as atividades começam nesta quarta-feira (23), com uma série de ações educativas e mutirões de diagnóstico da doença.

O objetivo do Janeiro Roxo é reforçar o compromisso de controlar a doença, promover o diagnóstico e o tratamento adequado, além de difundir informações e sensibilizar quanto à eliminação do estigma e preconceito. “Teresina caracteriza-se como área endêmica para Hanseníase e todos os esforços do setor Saúde e afins, como Educação e Sociedade Civil organizada, devem ser somados para o enfrentamento da doença em nossa capital”, conta Svetlana Coelho, enfermeira e membro técnico da Diretoria de Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde (FMS).

A programação inclui atividades educativas e de busca ativa em Hanseníase em Unidades Básicas de Saúde (UBS) de várias regiões da cidade. “A primeira será nesta quarta-feira (23), das 14h às 18h, na UBS Alto da Ressureição, zona Sudeste”, informa Svetlana Coelho. Na manhã do dia 28, a FMS participa do II Workshop Estadual de Hanseníase, que acontece no auditório do Hospital Getúlio Vargas. No dia 30 e 31 acontecem panfletagens e buscas de manchas suspeitas no Shopping da Cidade e Teresina Shopping.

O dia D será na manhã de 02 de fevereiro, quando acontece o mutirão de busca de manchas suspeitas. “No mutirão, os casos suspeitos serão identificados e o tratamento será instituído em caso de confirmação”, explica Carlos Gilvan Nunes, chefe do Núcleo de Doenças Negligenciadas da FMS. Desta vez, a atividade acontece nas três zonas da cidade: Hospital Mariano Castelo Branco, na zona Norte; Hospital Geral do Promorar, na zona Sul e UBS Renascença, na zona Sudeste. Os exames são gratuitos e o atendimento é de livre demanda, ou seja, qualquer pessoa com sintomas de hanseníase pode comparecer – basta levar seu cartão do SUS.

O Brasil ocupa o 2º lugar no mundo em detecção de casos novos de Hanseníase. Teresina apresenta tendência de redução dos casos, mas os números ainda requerem atenção, devido à gravidade do problema de saúde pública. “Em 2017 foram diagnosticados 431 casos na população geral o que corresponde a uma taxa de 50,69 casos por 100.000 habitantes. Dados parciais de 2018 indicam 385 casos novos com taxa de detecção de 45,3 casos por 100.000 habitantes”, informa Svetlana Coelho.

A campanha Janeiro Roxo é uma parceria da Fundação Municipal de Saúde com órgãos como Secretaria Estadual de Saúde, Universidade Federal do Piauí, Universidade Estadual do Piauí, Associação Arquidiocesana de Teresina (ASA), Teresina Shopping e o Movimento Social de Reintegração das Pessoas Atingidas pela Hanseníase (MORHAN).

 

Janeiro Roxo em Teresina – Programação

23/01(14h às 18h) – Avaliação de contatos de hanseníase (UBS Alto da Ressureição)

25/01 (8h às 12hs) – Avaliação de contatos de hanseníase (UBS Taquari)

28/01 (8h às 12h) – II Workshop Estadual de Hanseníase (auditório do HGV)

30/01 (8h às 12h) – Panfletagem e busca de manchas suspeitas (Shoping da Cidade)

31/01 (8h) – Café da manha com usuários (UBS Valdinar Pereira)

(14h) – Panfletagem com a Miss Brasil (Teresina Shopping)

(14h às 18h) – Avaliação de Contatos de Hanseníase (UBS Todos os Santos)

02/02 (8h às 12h) – Mutirão de busca de manchas suspeitas (Hospital Mariano Castelo Branco, Hospital Geral do Promorar e UBS Renascença)

 

 

Fonte: Prefeitura Municipal de Teresina

Piracuruca celebra 196° Aniversário de Adesão do Piauí à Independência do Brasil

Para celebrar o 196° Aniversário de Adesão do Piauí à Independência do Brasil, a governadora em exercício Regina Sousa participou, nesta terça-feira (22), do primeiro dia de comemorações da luta dos piauienses pela independência brasileira. Em Piracuruca, a programação foi aberta com culto em ação de graças na Igreja Pentecostal, no Centro da cidade.

A celebração foi conduzida pelo pastor Valmir Rodrigues de Alencar, que há 34 anos conduz os trabalhos da igreja pentecostal piracuruquense. O culto contou com a apresentação de coral e balé clássico da igreja.

Culto em ação de graças. Foto: Francisco Leal

Regina Sousa acredita que as celebrações religiosas são espaços importantes para reunir a comunidade para relembrar a história. “Um país sem história é um país sem memória. Momentos como estes são muito importantes para os jovens estudantes e suas famílias. Cada ano que viemos aqui fortalece a história do Piauí, a história do Brasil”, pontuou a gestora.

A governadora assinalou os valores cristãos como ferramenta para as políticas sociais. “Nós, autoridades, devemos ter essa responsabilidade e seriedade na condução do poder público. Assim como os ensinamentos de Deus dizem, devemos seguir cuidando de quem precisa de cuidados”, afirmou Sousa.

Após o culto, também foi celebrada missa em ação de graças na Igreja Matriz Nossa Senhora do Carmo, na Praça Irmãos Dantas. Para o padre Antônio, que conduziu a celebração, o momento é de honra. “Nesta oportunidade, relembramos o ato de coragem, bravura e fé em Deus. É trazer a memória de nossos antepassados que passaram por aqui e garantiram que hoje sejamos a nação que somos”, contou o religioso.

Mérito Renascença

A programação foi finalizada com a entrega da Ordem Estadual Mérito Renascença, honraria entregue desde a década de 70 a personalidades importantes para a historia passada e presente do Piauí. O local de entrega foi o Casarão Coronel José Britto Guimarães, patrimônio histórico que abriga importantes registros da história piauense.

Dentre os contemplados com as insígnias e diplomas, Jose de Sousa Carvalho, fundador e coordenador do projeto Vá de Bike e Clube do Remo de Piracuruca; Rosário Bezerra, ex-vereadora de Teresina, servidora da Fundação Cepro e foi diretora da Escola de Governo e ouvidora-geral do Estado; o prefeito de Pedro II, Alvimar Oliveira de Andrade; Wilson Seraine, membro do Conselho Estadual de Cultura, membro das Academias Brasileira e Piauiense de Literatura de Cordel e presidente da Colônia Gonzaguiana do Piauí; e  o atual diretor da Agespisa, Genival Brito de Carvalho.

“É um evento que faz florescer um sentimento de patriotismo em todos nós. Receber o titulo de comendador é ter a honra de ver o meu trabalho reconhecido enquanto cidadão piauiense e servidor público estadual. Trabalho com o bem mais precioso, a água. Tenho a felicidade de ver pessoas de diversos cantos do Piauí tendo acesso ao direito à água encanada. Agradeço a Deus pela oportunidade e ao Governo do Estado pelo reconhecimento”, comemorou Genival, servidor público há 30 anos que falou em nome dos condecorados.

Entrega da Ordem Estadual Mérito Renascença. (Foto: Francisco Leal)

Para o prefeito de Piracuruca, Raimundo Alves Filho, o evento reforça o papel de Piracuruca na história do Piauí e do Brasil. “Continuar com esta solenidade é reconhecer o importante papel de Piracuruca para a Independência do Brasil na nossa região“, ressaltou o gestor.

Participaram da celebração o presidente da Assembleia, deputado Themístocles Filho, os deputados Francisco Limma, Antônio Felix, Wilson Brandão e Fábio Abreu, o prefeito de Piracuruca, Raimundo Alves Filho;  a secretária de Estado da Cultura, Bid Lima; o comandante-geral da PM, coronel Lindomar Castilho; e o coordenador estadual de Comunicação, João Rodrigues.

 

 

Fonte: CCOM