Hipertensão é fator de risco para problemas no coração, cérebro e rins

Celebrado nesta quinta-feira (26), o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial alerta para a necessidade do acompanhamento médico e da adoção de hábitos saudáveis. Apenas em Teresina, segundo dados do Ministério da Saúde, 23,2% da população é hipertensa.  A prevenção da hipertensão arterial sistêmica é baseada na mudança do estilo de vida, enfatiza o cardiologista do Hapvida, Maurício Paes Landim.
“Adotar novos hábitos como alimentação saudável e diminuir a ingestão de sal e gordura, é muito importante. Também é recomendável, manter o peso ideal para a altura e praticar atividade física regularmente. Hábitos danosos como fumar e ingerir bebida alcoólica, são agravantes”, aconselha.
Tentar compensar o stress do dia a dia, procurando fazer alguma atividade prazerosa para compensar, são medidas gerais que podem evitar a doença. Uma quantidade considerável dos registros de pressão alta é de origem genética, nesses casos, o acompanhamento ganha uma importância ainda maior, complementa o especialista.
Para aquelas pessoas que já foram diagnosticadas com hipertensão, a orientação é que o tratamento medicamentoso seja cumprido à risca, tendo em vista que o problema pode acarretar uma série de agravantes. “É preciso visitar regularmente o cardiologista e medir a pressão arterial frequentemente, para saber se o medicamento está combatendo a doença, pois muitas vezes o paciente está tomando a medicação e a pressão não está controlada. A hipertensão também é um fator de risco para problemas no coração, cerebrais e renais, então a grande preocupação não é apenas saber que é hipertenso, é fundamental manter o controle da pressão”, explica Maurício Landim.
O cardiologista enfatiza que todas as pessoas devem aferir a pressão arterial regularmente, não somente aquelas com um histórico familiar ou sedentárias, pois a prevenção deve ser diária.

Outubro Rosa 2016 tem programação diversificada

A Fundação Maria Carvalho Santos promove no dia 09 de Outubro a caminhada do Outubro Rosa 2016. A caminhada faz parte da campanha do Outubro Rosam que esse ano faz 10 anos, que busca prevenir e conscientizar sobre o câncer de mama. A concentração do evento será às 7 horas da manhã, no Adro da Igreja São Benedito e seguirá em caminhada até o Shopping Rio Poty. A expectativa da organização é reunir cinco mil pessoas durante a caminhada.

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Desde o lançamento da campanha desse ano, as organizadoras do evento estão promovendo diversas ações para promover a campanha, que este ano fará um alerta especial em defesa das mulheres com câncer de mama metastático, quando o tumor já atingiu outros órgãos. Nessa fase, tratamentos específicos fazem toda a diferença no controle da doença, prolongando a vida com mais qualidade. Porém, há mais de dez anos, nenhum novo medicamento é adotado pelo SUS para atender a essa demanda. Assim, quando há metástase, as pacientes da rede privada podem viver até três vezes mais tempo do que as usuárias da rede pública.

Imagem: Divulgação
Imagem: Divulgação

Os kits estão sendo vendidos na loja do Shopping Rio Poty, piso L3, ao lado da Hawaianas, informações pelo telefone: (86) 3221 8944.

 

Confira mais eventos do Outubro Rosa 2016

  • Toda quarta-feira, após as 19h, acontece o brechó de vestidos de festa, na Loja do outubro Rosa.
  • Dia 09 de Outubro terá 1.200 mamografias gratuitas para
  • Toda as quartas-feira e sábados as pessoas poderão personalizar sua camisa do kit do Outubro Rosa, com seu nome de graça.
  • Nos sábados de Setembro, quem comprar seu kit ganhará um esmalte da avon
  • Dia da Auto Estima: Dia 09 de outubro as mulheres que tem câncer de mama vão ganhar um dia de beleza, no salão Femme Fashion Hair

 

Projeto “A arte faz a sua parte” discute drogas em escolas públicas de Teresina

 

 

Desde o dia 14 de setembro, a Caravana “A arte faz a sua parte” está percorrendo escolas da rede pública de ensino de Teresina mobilizando famílias, escolas e toda a comunidade, no combate ao uso de drogas entre adolescentes. O projeto que encerra no dia 23 de setembro, percorrerá 15 escolas, discutindo os riscos das drogas com cerca de 12 mil jovens.

03
Ilustrações feitas por Bernardo Aurélio “Cassimiro Coco contra o monstro das drogas”

 

A Caravana idealizada pelo arte educador e ator manipulador de Bonecos, Chagas Vale está discutindo através de palestras, debates, exposições, contação de histórias e apresentação de teatro de bonecos a problemática que envolve os jovens e as drogas. Segundo Chagas Vale, a ideia de produzir um projeto  voltado para o alerta contra as drogas foi motivada pelo atentado que o bonequeiro  sofreu  por um jovem drogado em novembro do ano passado.

 
”Em novembro do ano passado, fui vítima de um rapaz que estava drogado, na porta da minha casa, levei três tiros e posso dizer que escapei por pouco. A partir dessa minha experiência, do que eu vi e vivi o que a droga é capaz de fazer com a juventude, resolvi   desenvolver um projeto para  falar dos riscos das drogas e fomentar a educação para valores, como: felicidade, honestidade, humildade, paz, respeito, simplicidade, tolerância e união, fazendo uma reflexão sobre o uso de entorpecentes. Tudo isso através da arte”.

 

unnamedAlém de envolver os estudantes a Caravana “A Arte faz sua parte” também tem como público alvo, os pais. O objetivo é esclarecer quais as práticas educativas positivas e negativas, são fundamentais para que os filhos cresçam saudáveis emocionalmente, respeitem as leis e sejam bons cidadãos, destacando a importância do monitoramento positivo. “A orientação para os pais é fundamental para que eles dispensem mais atenção aos filhos, sejam eles bebês, crianças ou adolescentes, com estabelecimento de afeto, regras e limites claros. Estas ações representam fator de proteção ao uso de drogas e ao envolvimento dos filhos com a criminalidade”, frisou Vale.

 

Nas escolas também será montada uma exposição com fotos e matérias jornalísticas denunciando violências e crimes que ocorreram decorrentes do uso de produtos tóxicos, em cada uma das comunidades. O cartunista Bernardo Aurélio é o ilustrador dos banners, Marleide Lins é a artista gráfica que assina o projeto. Os jovens também receberão livros de literatura de cordel, falando sobre o tema.

 

No teatro de bonecos, o personagem Cassimiro Coco encenará sua luta conta o mostro das drogas, enfatizando através de cenas fortes, educativas e lúdicas a terrível situação dos dependentes químicos. A contadora de histórias, atriz, Talita do Monte também participa do projeto onde fará a contação “No meu mundo não cabe drogas”. Vídeos sobre a temática também serão exibidos para os jovens.

 

“O projeto é totalmente cultural e com foco social. Queremos discutir essa realidade tão triste que é o envolvimento cada vez mais cedo de meninos e meninas com o mundo das drogas, trazendo esse alerta através da arte”, frisou Chagas Vale.

 

As escolas municipais Clidenor de Freitas Santos, Iolanda Raulino, Professor José Gomes Campos, Deputado Antonio Gayoso, Professor Valter Alencar, José Camilo da Silveira Filho, São Sebastião, Parque Itararé, Santa Clara, Professor Ofelio Leitão são algumas das beneficiadas pelo projeto que tem o apoio do deputado estadual João de Deus e do Governo do Estado através da Secretaria de Cultura.