Notícias

Piauienses recebem Outorga da Ordem Estadual do Mérito Renascença em Oeiras


Como parte da agenda de comemorações em alusão ao 195º aniversário de adesão do Piauí à Independência do Brasil, aconteceu no final da manhã dessa quarta-feira (24), a Outorga da Ordem Estadual do Mérito Renascença, no Cine Teatro de Oeiras. A homenagem foi feita a personalidades piauienses que tiveram trabalhos relevantes em suas áreas e que representam o estado do Piauí. Participaram do momento, a vice-governadora, Margarete Coelho; o secretário de Administração, Franzé Silva; o reitor do IFPI, Paulo Henrique Gomes; o deputado estadual Mauro Tapety; o presidente do TCE-PI, Olavo Rebelo entre outras autoridades.

 

Solenidade de entrega de Medalhas em Oeiras (Francisco Leal)

 

Para a vice-governadora, a data marca um dia de liberdade para o Piauí e para o Brasil e o piauiense deve se orgulhar disso, desse momento histórico. “Conhecer a história do Piauí é nos aproximarmos nas nossas raízes culturais e políticas. A entrega desse reconhecimento para piauienses que desempenharam algum tipo de trabalho engrandecedor para o estado, combina com a data que é de independência e liberdade, e de piauienses que lutam por um lugar melhor”, declarou.

 

Margô Coelho, vice-governadora na Solenidade de entrega de Medalhas em Oeiras (Foto: Francisco Leal)

 

Para o reitor do IFPI, a outorga do mérito é uma forma de não esquecermos a história do Piauí. “O 24 de janeiro é um momento de refletirmos o que representa essa solenidade, a adesão do estado do Piauí à independência do Brasil, isso significa que os piauienses estão sempre na luta pela defesa da democracia e em defesa dos direitos. Somos sim referência na luta, devemos estar atentos ao que acontece no Brasil. Não podemos jamais esquecer a nossa história. O recebimento da medalha é uma forma de dizer o que estamos fazendo pelo desenvolvimento da educação no Piauí”, afirmou.

 

A vice-governadora Margô Coelho com o apresentador de TV, Laellyo Mesquita (Foto: Francisco Leal)

 

De acordo com o prefeito de Oeiras, Zé Raimundo, a história, construída a partir da adesão do Piauí à independência do Brasil, é motivo de orgulho e exemplo para todo o Piauí. “Apesar da crise econômica de todo o país, nós buscamos honrar nossos compromissos, pensando na continuação de uma escrita que possibilite um melhor futuro para as próximas gerações”, comenta.

Uma das homenageadas, foi a jornalista e especialista em moda, Raquel Dias. Ela é filha de Oeiras, e tem realizado vários trabalhos significantes para o estado. “É a maior honraria do estado e tem uma representatividade muito grande para o Piauí, é um reconhecimento e um estímulo para que a gente continue trabalhando e contribuindo para o estado, cada um em suas áreas de atuação. Precisamos continuar essa empreitada de ir além e mostrar nosso Piauí de forma independente e orgulhoso”, declarou.

 

 

“Enquanto militante, ativista e representação seja governamental ou não, quando se fala de mulher negra se fala em representatividade, e é isso que precisamos. Receber essa homenagem hoje, em Oeiras, um dos berços do nosso povo, é sem dúvidas um grande reconhecimento não só para uma única pessoa, mas uma coletividade que represento”, declarou a coordenadora de Políticas para Mulheres, professora Haldaci Regina que também recebeu a homenagem.

Para o enfermeiro e auditor em gestão pública Alipio Sady, a medalha de comendador é fruto de um trabalho que vem sendo realizado há alguns anos. “É uma data importante para o Piauí e me sinto bastante feliz em receber esse reconhecimento hoje aqui em Oeiras. Isso é resultado de um trabalho na saúde que toda uma equipe empenhada vem realizando desde 2015 em várias cidades do Piauí”, declarou Sady, que já dirigiu hospitais em Parnaíba e Esperantina.

 

 

 

Fonte: CCOM/PI


Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 − 3 =