Notícias

Mais de cem pessoas são homenageadas em solenidade do “Se Essa Rua Fosse Minha”


 

A Prefeitura de Teresina, através da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Coordenação (SEMPLAN), realizou na noite da última quinta-feira, no auditório da Uninovafapi, a solenidade de entrega das placas comemorativas do projeto “Se Essa Rua Fosse Minha”, que batiza vias e logradouros públicos da cidade com nomes de cidadãos que contribuíram para o desenvolvimento da comunidade na capital piauiense. A cerimônia, que contou com a presença do prefeito Firmino Filho e do secretário de planejamento José João Braga, foi marcada pela emoção dos familiares dos homenageados, agora eternizados na cidade.

No total, foram 114 pessoas homenageadas nesta que é a quinta edição do projeto, realizado desde 2014. Como só podem receber a homenagem pessoas já falecidas, as inscrições foram feitas por amigos e familiares, e posteriormente avaliadas por uma comissão, que reconheceu a contribuição de cada um que compôs a lista final. Após definição por sorteio de quais vias receberiam o nome de cada um dos selecionados e da aprovação de minuta de lei com a oficialização dos novos nomes, a solenidade marcou a entrega das placas comemorativas para os familiares, uma lembrança da homenagem recebida, além do certificado de participação no projeto recebida pelas mãos do prefeito.

“Ficamos muito felizes de realizar esse projeto, pois, ao mesmo tempo em que cuidamos de um problema de ordem prática, que é o registro das ruas de Teresina, podemos também homenagear pessoas que fazem parte da história da cidade”, afirmou o secretário de planejamento e coordenação, José João Braga. “É um trabalho complexo de receber as inscrições, avaliar as biografias e organizar todas as etapas do projeto, mas é uma grande satisfação concluir essa homenagem prestada pela Prefeitura de Teresina aos seus cidadãos”, completou a secretária executiva de planejamento urbano, Jhamille Almeida.

 

A jornalista e ativista dos Direitos Humanos, Lurdinha Nunes, inscreveu o nome da mãe, Nenzinha Machado, no projeto. “Falo como filha de uma homenageada, mas temos que pensar que são pessoas anônimas que juntas, em locais diferentes, construíram uma Teresina melhor, mais humana e mais acolhedora”, disse.

 

Como representante das famílias dos homenageados, o desembargador Carlos Augusto Pires Brandão destacou também a emoção de ter o nome da mãe, Cecy Pires Brandão, eternizado em uma via da cidade. “Isso é uma abertura para as vozes da cidade, uma possibilidade para que as próprias pessoas da comunidade apresentem esses nomes que participaram da construção de Teresina. A gente fica muito feliz pela punjança da cidade e estão de parabéns esses nomes que hoje estão sendo homenageados”, finalizou.

 


Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − dezesseis =