Beleza e Saúde

Dr Valrian Campos Feitosa apresenta sua nova Clínica e explica a técnica de Ablação da veias com o uso da Radiofrequencia


Tratar as varizes desperta preocupação e receio, principalmente, nas mulheres. Afinal, os relatos de cirurgia de varizes assusta um pouco pela falta de conhecimento da população. E, pelo que se sabe pelas últimas evidências científicas, a Doença venosa crônica tem um caráter que pode assumir caráter inflamatório e até evoluir para formas graves se não tratada adequadamente.

Portanto,  É importante o domínio completo das várias técnicas empregadas no tratamento das varizes pelo Angiologistas, para que seja empregado a melhor técnica, pois cada caso é diferente.Por outro lado, a participação do paciente é fundamental para que o resultado final seja satisfatório, pois interferem outros fatores, como o hábito de fumar, sobrepeso, uso de medicamentos, sedentarismo, entre outros.

Nessa perspectiva, inúmeras ferramentas podem ser utilizadas no consultório com o emprego de tratamentos com o uso de uma combinação de esclerosantes que “ secam os vasinhos” auxiliados por equipamentos que reduzem a dor e aumentam sua eficiência, como o Freddo CE e Freddo, o primeiro congela o medicamento e o outro produz uma ar frio intenso ( -35, -20 graus Celsius) tornando o procedimento eficaz e seguro.

Ainda no consultório, também podem ser realizados o tratamento da espuma guiado por ultrasom para casos mais graves, quando a cirurgia não é possível, ineficaz ou mesmo arriscada, como é o caso nos  pacientes obesos, idosos e  portadores de  úlceras venosas.

 

Por outro lado, o tratamento padrão ouro nos EUA e Europa , nos casos de Refluxo de veia Safena Magna com dilatação de veias , é a Ablação de Veias com o uso da Radiofrequência, afirma o angiologista Valrian Campos Feitosa, “as vantagens desse método são muitas, pois consiste em tratar varizes sem fazer incisões na pele,   introduzindo um cateter na veia doente guiado pelo  ultrasom  e, em seguida,  feitos disparos pelo gerador de radiofreqüência que então “ destroe” o vaso causando sua obliteração. Além de eficaz , é bem seguro pois o risco de infecções e sangramentos são inexistentes, como no caso da cirurgia, por exemplo.”

Mas,  o grande benefício é o retorno quase imediato ás suas atividades habituais com menos de uma semana o que não ocorre com a cirurgia desse porte que é em torno de 30 (trinta ) dias ou mais. Dr Valrian  afirma  ainda que a falta de conhecimento por parte dos pacientes e operadas de planos de saúde tem dificultado e até elevado o custo, pois o cateter utilizado em nosso meio não é coberto pelo planos de saúde.

Os avanços na Angiologia e cirurgia vascular permitem hoje uma convivência pacífica com as varizes que diga se de passagem  vão muito além de um problema estético e funcional. “ Varizes são como rugas e marcas de expressão da idade e da maturidade, embora elas sempre apareçam teimamos em retira las e ameniza las, reletindo a jovialidade da alma,” finaliza Dr Valrian Campos Feitosa.

Imagens da área externa da clínica

 


Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 11 =