Beleza e Saúde

Dermatologista indica cuidados essenciais para quem vai viajar nas férias


 

A medida que se aproximam as férias de julho, muitas viagens são programadas para curtir as férias em várias paisagens e passeios. Contudo, a escolha dos destinos acaba por trazer algum sofrimento para a pele por causa de variações de temperatura. Entre os resultados mais comuns está o ressecamento, seja pelo sol ou frio, e baixa umidade do ar, por exemplo.

 

A dermatologista Kamilla Santos

Para evitar o ressecamento e outros problemas a principal dica é não abrir mão da proteção e cuidados essenciais para garantir a saúde da pele. A dermatologista Kamilla Santos conta com dicas e orientações para proteger a pele, tanto na praia, piscina e durante o deslocamento das viagens. A primeira delas, considerada talvez  a mais importante pela médica, e que serve para todas as situações, é a proteção solar. Kamilla explica que não há pele que resista às altas e baixas temperaturas, ar seco e muito sol sem proteção e hidratação.

Na praia a dermatologista destaca que a radiação solar acaba sendo maior devendo haver um cuidado redobrado com proteção de amplo espectro( UVA e UVB), além da barreira física. “O indicado é utilizar filtro com FPS a partir de 50 e reaplicar o produto a cada duas horas, inclusive um específico para os lábios. Pessoas com pele clara devem ter cuidado extra, em relação à proteção, mas quem tem pele mulata e afrodescendente também não pode deixar de usar o filtro solar”, afirma a médica. O ideal é se expor ao sol antes das 10h e após as 16h, mas sem abrir mão da proteção solar com filtros químicos e  físicos, mesmo na sombra.

 

Kamilla Santos lembra que a pele pode sofrer com queimaduras, vermelhidão, coceiras, irritações e melanoses, as famosas manchas. “O excesso de calor pode favorecer a produção de sebo e, de certa forma, contribuir para o surgimento de acne”, pontua. Nesses casos a indicação da dermatologista é o uso do filtro solar adequado em caso de pele oleosa.

Ainda a respeito da praia a médica lembra da possibilidade de contrair infecções, provocadas por fungos e bactérias presentes na areia. “A pele pode sofrer com micoses, que se alimentam da queratina na epiderme”, disse. Kamilla Santos explica que as virilhas e pés são as regiões mais afetadas, mas não são as únicas a serem atingidas. Por isso, é importante priorizar a higiene e não ficar muito tempo com os trajes de banho molhados.

Em viagens de carro as pessoas devem ter atenção quanto ao ar-condicionado, de modo geral, tanto no carro ou ambientes. Em função da redução da umidade do ar e de agentes externos oxidantes, a pele e os cabelos ficam mais ressecados e expostos ao envelhecimento. “Vale utilizar produtos antioxidantes, com ativos que agem profundamente na pele e neutralizam os radicais livres, como o OTZ 10 e Vitaminas C e E”, além de hidratantes, destaca Kamilla Santos. Na hora de se alimentar, a orientação é por lanches leves e frutas, e beber água livremente.


Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete − 3 =