Notícias

Concertos Matinais de domingo (26) faz prévia de Semana Sinfônica


No fim de agosto, a Orquestra Sinfônica de Teresina apresenta a Semana Sinfônica no Palácio da Música. Neste domingo (26), o público poderá conferir um pouco do que a Semana tem a trazer, nos Concertos Matinais, às 11h, com entrada franca.

 

 

Os alemães Dominik Lang e Martin Börner, percussionista e violista da Niederrheinische Sinfoniker, respectivamente, têm conduzidos ensaios agregados à aulas para os músicos da Orquestra Sinfônica de Teresina, e o resultado de tal trabalho poderá ser conferido neste Concertos Matinais, com um quarto dos músicos da OST, em forma de Camerata, e na Semana Sinfônica, que ocorrerá de 28 a 30 de agosto, também no Palácio da Música. Todas estas apresentações terão entrada franca.

 

A apresentação da Orquestra Sinfônica de Teresina começa às 11h, com entrada franca

Dominik Lang é formado em Música Orquestral com especialização em Música Moderna e Percussão Sinfônica pela Escola Superior de Música de Colônia. Desde a adolescência, atua como baterista em diversos projetos e bandas de rock, pop, blues, jazz e fusion. Já participou de vários espetáculos musicais, como baterista e também como percussionista, em peças como Os Miseráveis, West Side Story, Jesus Christ Superstar, Kiss Me Kate, Me And My Girl, Joseph And The Amazing Technicolor Dreamcoat, e muitos outros. Leciona ambos os instrumentos desde 1991, é professor da Escola de Música Municipal de Krefeld e percussionista da Orquestra Niederrheinische Sinfoniker, do Teatro de Krefeld-Mönchengladbach.

 

 

Martin Börner, adentrou ao universo musical bem cedo, com aulas de violino desde os seus 07 anos de idade. Tem formação superior em Violino pela Escola Superior de Colônia, com Gerd Hulverscheidt, e em Viola tanto pela Universidade de Viena, com o Prof. Hatto Beyerle, como em Trossingen, com o Prof. Emile Cantor. É líder do naipe de violas da Niederrheinische Sinfoniker, do Teatro de Krefeld-Mönchengladbach, desde 1992. Participou de um Intercâmbio com a New Zealand Symphony Orchestra, de 2011 a 2012. É integrante também de alguns grupos de Música de Câmara, como o Grupo Più e o Quarteto Alma.

 


Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − 4 =