Governadores do Nordeste se reúnem em Teresina para debater Segurança Pública

Os nove governadores do Nordeste se encontram, nesta terça-feira (6), a partir das 8h, em Teresina, no Espaço Coco Bambu. O objetivo do evento é discutir a implementação de um plano de segurança comum a todos os estados, bem como o desenvolvimento de políticas públicas para o setor. Todos os chefes de estado da região confirmaram presença no evento, que entre outros pontos, também analisará a criação de um fundo nacional para segurança. A proposta foi apresentada pelo Governo Federal, na última quinta-feira (1º), em reunião com os líderes estaduais de todo o Brasil. Ao término do encontro, uma coletiva de imprensa está agendada, a partir do meio dia.

Na oportunidade, os governadores irão ler a Carta de Teresina, um documento redigido por secretários de Segurança e de Justiça de vários estados, que se reúnem, em Teresina, nesta segunda-feira (5), como parte da agenda do Encontro de Governadores do Nordeste.

O documento irá elencar as prioridades a serem trabalhadas no âmbito da segurança pública. Entre os pontos principais, estão a modernização do sistema penitenciário e o combate integrado às organizações criminosas. Também figuram como prioridades a redução do feminicídio e violência contra a mulher; a diminuição de homicídios dolosos e o combate integrado ao tráfico de drogas, armas e proteção das fronteiras.

Reunião de secretários de segurança e Justiça do nordeste (Paulo Barros)

A meta é agregar as ações de segurança pública criando um sistema regular de financiamento, permitindo que cada estado, dentro de suas necessidades e planejamento, possa fortalecer o setor, com a aquisição de equipamentos, contratação de pessoal e reforço nas políticas salariais.

“A ideia é trabalhar de maneira coordenada no âmbito estadual, integrando as polícias Militar e Civil, a Federal, a Polícia Rodoviária Federal, e os sistemas penitenciário e judiciário. Além disso, integrar os estados com a União, que também tem a sua parcela de responsabilidade no que tange ao controle das fronteiras, no uso das forças armadas e partilhando a sustentação financeira da segurança”, destaca Merlong Solano, secretário de Governo.

 

Fonte: CCOM

APL reinicia processo de eleição para vaga deixada por Paulo Freitas

Estão abertas as inscrições para a eleição do novo imortal da Academia Piauiense de Letras. O processo tem duração de um mês e novo membro substituirá o desembargador Paulo de Tarso Mello Freitas, falecido em janeiro de 2017. Esse é o segundo pleito a ser realizado para a ocupação da cadeira 24, que tem como patrono Jonas de Moraes Correia.

Na primeira eleição, dois candidatos ficaram empatados em segundo turno. Regimentalmente, um novo processo precisa ser iniciado e o novo imortal deve vencer por maioria absoluta.

A partir de agora, o edital prevê 30 dias para inscrições dos interessados. Estes deverão efetuar as inscrições na secretaria da APL (Avenida Miguel Rosa, 3300/sul) através de requerimento dirigido ao Presidente, instruindo-o com exemplares de obras publicadas e curriculum vitae, com provas de naturalidade piauiense ou que comprovem que o candidato reside há mais de dez anos no estado, conforme dispõem os arts. 1º e 7º, §§ 1º e 2º do Regimento Interno em vigor. “É um prazo de 30 dias, ninguém se inscreveu até agora, e então tem tempo ainda, e estamos com essa expectativa de quem tem interesse de entrar na academia”, disse o presidente da APL, Nelson Nery Costa.

Após o processo de inscrição dos candidatos, a comissão eleitoral se reúne e marca a data da eleição. Então, na data acertada, todos os demais 39 imortais comparecem para votar na sede da APL. Os membros que não moram no Piauí podem enviar o voto por escrito, através dos Correios. Logo após o horário estipulado para encerrar a votação, a comissão eleitoral se reúne para a contagem dos votos. O resultado é então proclamado.

O tapete vermelho da 90ª edição do Oscar!

Os atores Sam Rockwell e Leslie Bibb chegam ao Teatro Dolby, em Los Angeles. Rockwell concorre a uma estatueta de melhor ator coadjuvante por ‘Três Anúncios Para Um Crime’

 

A 90ª edição do Oscar, principal premiação cinematográfica de Hollywood, teve como principal vencedor o filme “A Forma da Água”, escrito e dirigido pelo mexicano Guillermo del Toro. O longa, que conta a história de uma faxineira que se apaixona por um monstro aquático, ganhou os prêmios de melhor filme, diretor, direção de arte e trilha sonora.

Em seu discurso na cerimônia, realizada na noite deste domingo em Los Angeles, Del Toro falou sobre os personagens fora do padrão que exibe no filme e lembrou que é um imigrante vivendo nos EUA. “A melhor coisa que nossa indústria faz é ajudar a apagar as linhas feitas na areia enquanto o mundo tenta deixá-las ainda mais profundas”, afirmou.

 

Kim Morgan e o diretor Guillermo del Toro

 

Frances McDormand, eleita melhor atriz por sua atuação em Três Anúncios para um Crime, pediu que as outras indicadas na mesma categoria se levantassem e fez um discurso pedindo maior inclusão feminina em Hollywood.

A atriz vencedora do Oscar Lupita Nyong’o.

As atrizes abandonam ‘look’ preto de protesto contra o assédio em Hollywood no tapete vermelho do Oscar 2018. Veja as principais imagens da chegada ao Teatro Dolby, em Los Angeles, de atrizes, atores, diretores e outras celebridades que participam da 90ª premiação do Oscar neste domingo

A esquiadora norte-americana Lindsey Vonn.

Bom, preparado pra conferir looks de Nicole Kidman, Margot Robbie, Jennifer Lawrence, Jane Fonda, Lupita Nyong’o e outras?

Nicole Kidman no tapete vermelho do Oscar 2018
Salma Hayek no tapete vermelho do Oscar. Atriz inaugura lista de ‘looks’ polêmicos, segundo já comentam internautas no Twitter

 

 

 

Música de Naeno é ganhadora do Festival Sanfonia

A canção de Naeno Rocha, “Morena Chama”, interpretada por Marinaldo do Forró foi a vencedora do Festival Sanfonia, I Festival de Forró Pé de Serra do Piauí, que aconteceu nos dias 27, 28 de fevereiro e 01 de março, no espaço de eventos do Teresina Shopping. O segundo lugar, ficou com a canção “Vai Valer”, de Alexandre Rabelo e Ivan Silva e o terceiro colocado,  foi a música  “Da raiz da gente, de Tetê Frota, na voz do cearense, Thesco Oliveira.

O festival premiou ainda os artistas: melhor triagueiro, Maísa, o melhor zabumbeiro, José Neto, melhor sanfoneiro, Ivan Silva e melhor interprete, Nilson Cronemberguer, distribuindo R$ 10 mil em premiação.

 

Com 17 anos de carreira, Marinaldo do Forró se emocionou ao receber o troféu e agradeceu ao Naeno pela excelente qualidade da canção interpretada por ele e aos músicos que ajudaram na conquista. “O Piauí precisava de um evento como esse, valorizando este incrível gênero musical. Estou muito feliz pelo resultado”.

Ivan Silva também agradeceu pela parceria com Alexandre Rabelo e falou um pouco do cenário musical do forró pé de serra, no Estado. “As coisas vão evoluindo e as pessoas tendem a deixar um pouco de lado duas raízes e assim aconteceu com o forró pé de serra, por isso é necessário ter mais eventos como este para resgatar a nossa cultura e valorizar este gênero musical tão importante para os nordestinos”.

De Sobral, no Ceará, Tchesco Oliveira se disse honrado por estar participando de uma festa tão bonita e que exalta o forró pé de serra. “Esse é um legado do Rei, Luiz Gonzaga, estamos colhendo o milho que ele plantou. O Piauí, está de parabéns, por promover um evento tão organizado e dessa qualidade para os músicos do forró pé de serra, do Brasil”.

 

Tchesco Oliveira – 3 lugar

Com participantes de quatro Estados: Piauí, Ceará, Maranhão e Pernambuco, o Festival Safonia reuniu grande público nos três dias de eventos.  Com 40 anos na música, o sanfoneiro, Bento Raimundo, de Crateús, inscreveu sua música no festival e conta que ficou sabendo do evento pela internet. “Foi uma prazer imenso participar do Sanfonia, os organizadores estão de parabéns pela qualidade da festa e organização e pela iniciativa de promover a música nordestina, valorizando o forró pé de serra”.

Os curadores do festival, Chagas Vale e Gonzaga Lu estavam felizes com a repercussão e o grande sucesso do primeiro evento de forró pé de serra, do Estado. “A música tem o poder, a magia de reunir pessoas de diferentes classes sociais. Foram três dias que vão ficar para história e fazer história na música piauiense, por que com certeza, outros festivais virão”, garantiu Gonzaga Lu.

Chagas Vale reinterou as palavras do amigo e parceiro de evento e disse que o amor pelo forró pé de serra uniu muitas pessoas, no Piauí. “Tivemos uma repercussão muito grande, inscrições de vários Estados, como Goiás e Rio de Janeiro e estamos muito felizes pelo sucesso do festival. Por ser o primeiro, não esperávamos tanta repercussão positiva. Os músicos, compositores estão de parabéns, nos ajudaram a fazer uma festa linda com grande qualidade musical e técnica e com certeza teremos outras edições.

 

Claudia Roberta veio assistir dois dias de evento e disse estar maravilhada com a qualidade das músicas e com a organização. “Teresina precisa de mais eventos como este, eu adoro o forró pé de serra e o festival foi maravilhoso”. Também na plateia do festival, Viviane Lima também falou da organização do festival e disse ainda que em Teresina não há mais lugar para curtir um bom forró nordestino. “Eu sou amante desse gênero musical e infelizmente, Teresina não possui mais casas de forró pé de serra. Aproveitei esse momento tanto para curtir os shows como para rever amigos. Espero que tenha outras edições. Nossa cidade precisa e merece”.

Na programação do festival ainda tiveram shows da Orquestra Sanfônica Seu Dominguinhos, Chagas Vale, Banda de Pífanos Caju Pinga Fogo, Gonzaga Lu, Giber Roney, Valdeci da Rabeca, Wanya da Rabeca e o encerramento ficou por conta do sanfoneiro cearense, Adelson Viana.

O 1° Sanfonia é uma realização da Colônia Gonzaguiana com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura, através do Sistema de Incentivo Estadual à Cultura – SIEC.

Artes de Março celebra um dos ritmos mais amados do Brasil

“Quem não gosta de samba bom sujeito não é, é ruim da cabeça ou doente do pé”. Se você é bom sujeito e não quer deixar o samba morrer, em março você tem encontro marcado no Teresina Shopping. O maior festival de cultura do Piauí fará uma homenagem a um dos ritmos mais festejados e amados do país, o samba.

Entre os dias 01 e 23 de março, o shopping realiza o Artes de Março com uma programação variada que engloba a Mostra de Cinema Artes de Março, apresentações musicais e artísticas, além de outras ações.

Em ano de Copa do Mundo toda a brasilidade estará em evidência no festival, por meio da música, cinema, dança e arte. O samba é uma das principais manifestações culturais do país e considerado a música nacional do Brasil, atingindo todas as regiões e classes sociais.

No Artes de Março as grandes atrações locais e nacionais como: Sombrinha e Demônios da Garoa, vão transformar o Teresina Shopping na maior roda de samba do Piauí.

 

Sombrinha

O cantor Sombrinha, ex-integrante do grupo Fundo de Quintal, será uma das atrações nacionais e comandará uma verdadeira roda de samba. O paulista começou a compor ainda em 1980 a música Marcas no Leito, em parceria com Jorge Aragão, que depois foi gravada pela cantora Alcione. Hoje são mais de 300 gravações interpretados por grandes nomes como Beth Carvalho, Zeca Pagodinho, Jorge Aragão, Dona Ivone Lara, Chico Buarque e Caetano Veloso, além de muitos outros. Sombrinha é cantor, compositor, cavaquinhista, bandolinista, banjoísta e violonista.

 

Sombrinha, ex-integrante do grupo Fundo de Quintal

 

Demônios da Garoa

Outra atração confirmada é o grupo “Demônios da Garoa” que farão uma apresentação inesquecível para todo mundo cair no samba e recordar os grandes sucessos do grupo. As lendas vivas da música brasileira têm mais de sete décadas de carreira, sendo reconhecidos pelo Guinness Book, edição de 1994, como o grupo mais antigo e em atividade no mundo.

Os “Demônios da Garoa” agradam desde os mais antigos que acompanham a carreira, até os mais novos expectadores, que descobriram alegria e a personalidade marcante do grupo, com suas vozes inconfundíveis. Eles já lançaram ao longo da carreira mais de 2222 discos. O mais recente foi lançado em 2014, “Um Samba Diferente” com músicas inéditas e regravações de grandes sucessos do samba. 

Grupo Demônios da Garoa

 

Atrações locais

E como março também é um mês dedicado às mulheres, a primeira atração musical do Artes de Março  fará uma linda homenagem a todas essas guerreiras. No dia 08, acontece o show “As Divas do Samba”, com Sambatom e convidadas. No repertório, músicas das maiores cantoras de samba do Brasil.

Na segunda noite de festival, Os Baluartes do Samba: Peinha do Cavaco, Jr. Gueri, Xico Carlos e Tonhão, sobem ao palco para cantar os grandes clássicos desse ritmo.

Já na segunda semana, o Artes de Março terá a apresentação dos projetos: Orquestra Funffec de Corda, do município de Luís Gomes(RN) e Quarteto de Sax, de Uiraúna(PB), ambas com repertório voltado para o samba.

As apresentações ainda trarão shows temáticos com os grandes nomes do samba piauiense. A Orquestra Tamoio & Convidados traz o “Samba ad Infinitum”, com repertório especial dos maiores clássicos do samba em meio a poemas e citações; e o Piauí Samba se apresenta com a participação de vários cantores e compositores piauienses cantando músicas autorais.

Na programação ainda teremos Brazucas, em um show especial com muito samba, futebol e carnaval; Beth Moreno com uma homenagem a Alcione; Trombone & Cia com choro, samba e gafieira; e Le Ballet Studio de Dança trazendo o espetáculo “Samba pra Gente Sambar”.

Grupo Sambatom

 

Confira a programação completa:

Apresentações artísticas

08/03 – 19:30h – praça de eventos II – Sambatom e convidadas

09/03 – 19:30h – praça de eventos II – Os Baluartes do Samba

12/03 – 19:30h – praça de eventos II – Orquestra Funffec de Cordas

13/03 – 19:30h – praça de eventos II – Quarteto de Sax

14/03 – 19:30h – praça de eventos II – Sombrinha

15/03 – 19:30h – praça de eventos II – Orquestra Tamoio & convidados

16/03 – 19:30h – praça de eventos II – Piauí Samba Compositores

19/03 – 19:30h – praça de eventos II – Brazucas

21/03 – 19:30h – praça de eventos II – Beth Moreno

22/03 – 19:30h – praça de eventos II – Trombone & Cia

22/03 – 20:00h – praça de eventos II – Le Ballet Studio de Dança

23/03 – 19:30h – praça de eventos II – Demônios da Garoa

Pacientes renais crônicos do Piauí estão há cinco meses sem receber auxílio para tratamento

Os portadores de deficiência renal crônica no estado do Piauí estão há cinco meses sem receber o benefício do TFD (Tratamento Fora de Domicílio) por parte do Governo do Estado. O recurso é destinado a pacientes que precisam de auxílio-locomoção para sair de sua cidade natal e realizar tratamentos de saúde em cidades com recursos hospitalares adequados para a doença. O deputado estadual Luciano Nunes (PSDB) apresentou requerimento hoje na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) cobrando a regularização desse pagamento.

O deputado estadual Luciano Nunes cobrou na Alepi a regularização do pagamento

 

“A falta desse auxílio causa problemas sérios, pois gera risco de vida a esses pacientes que necessitam desse tratamento. Apresentamos hoje requerimento na Assembleia Legislativa do Piauí fazendo um apelo ao secretário estadual de Saúde, Florentino Neto, e ao secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, para que esse pagamento seja regularizado, pois temos mais de 2 mil pacientes renais crônicos no Estado. O governo precisa priorizar os serviços de saúde, pois estamos tratando de vidas. Não é admissível esse tipo de atraso por parte do Governo do Estado”, disse Luciano Nunes.

O parlamentar ressalta que o atraso no recebimento do benefício vem deixando muitos pacientes do estado sem possibilidades de dar continuidade do tratamento em Teresina — o que compromete a sua própria sobrevivência. “É injustificável esse atraso de pagamento desde outubro de 2017. E é uma situação de estrangulamento, o governo tem onde cortar, é uma questão de prioridade, priorizar vidas de pessoas que estão sofrendo e que dependem desse tratamento para sobreviver”, afirmou.

Amauri Jucá se apresenta sexta-feira na Praça dos Orixás

A noite da próxima sexta-feira (2) será de muita diversão e risada no Parque Lagoas do Norte. O humorista Amauri Jucá sobe ao palco da Praça dos Orixás com o espetáculo “De graça na Praça”. O evento começa a partir das 19h.

“Ficamos muito felizes em poder, mais uma vez, trazer o espetáculo do Amauri Jucá para o Parque Lagoas do Norte. Na primeira vez, a comunidade veio, se divertiu e abraçou a ação. Agora, ele retorna com um novo espetáculo para garantir boas risadas do público”, afirma a gerente do Parque Lagoas do Norte, Viviane Bandeira.

 

O show de Amauri Jucá começará a partir das 19h

 

No show, o humorista levará ao público uma mistura dos principais espetáculos e piadas inéditas. O espetáculo, que também terá paródias sobre o dia a dia, é voltado para crianças, jovens e adultos. “Será um show para toda família e quem for ouvirá muitas paródias, e a risada é garantida”, comenta Amauri Jucá.

 

O show “De graça na Praça” é gratuito e será realizado na Praça dos Orixás, localizado na Rua Jim Borralho, bairro São Joaquim, zona Norte de Teresina.

 

Biblioteca resgata obra do professor Raimundo Santana

A Academia Piauiense de Letras (APL) junto com Fundação Centro de Pesquisas Econômicas e Sociais do Piauí (Fundação Cepro) e a Universidade Federal do Piauí (UFPI) constituíram parceria para a concretização do projeto “Biblioteca Piauiense Professor Raimundo Nonato Monteiro de Santana”. A solenidade de assinatura da parceria ocorreu na segunda-feira (26) no Palácio de Karnak.

Com o resgate de obras já esgotadas e a edição de algumas que nunca foram publicadas, a biblioteca será composta por quatro séries: Ensaios Pioneiros, Estudos Contemporâneos, Teses e Dissertações, bem como a Obra Completa do Professor Santana, ampliando o acesso a textos sobre a economia, cultura e política piauiense. O presidente da Academia Piauiense de Letras, Nelson Nery Costa, destacou a importância do convênio e enalteceu o trabalho do professor Santana, que nutre um papel primordial na literatura local. “Devo minha entrada na Academia em grande parte ao professor Santana em 2001, e posteriormente a indicação para ser presidente da instituição, então eu lembro do professor Santana com muita amizade, com muito amor, e acho que essa é uma das mensagens que ele deixou para mim e pra academia”, disse.

 

Solenidade no Palácio de Karnak

 

Em seu discurso, Nelson Nery apontou para a mensagem de valorização da educação do professor Raimundo Santana. “Com o trabalho dele, editou obras importantes, sempre foi uma liderança primordial. A grande mensagem do professor Santana foi estudar, refletir. Juntar essa energia toda foi muito importante, pois foi uma mensagem que o professor Santana deixou ao longo da vida, juntar forças e olhar para o futuro “, frisou.

A governadora em exercício, Margarete Coelho, destacou a gratidão que nutre pelo professor Santana, sintetizando o papel do Governo no resgate da memória do povo piauiense. “É um momento muito especial, preservar a memória de um povo é um dos deveres mais importantes que nós dirigentes do Estado devemos ter. Gostaria de dizer da gratidão que todos nós temos dele”, afirmou.

O presidente da Cepro, Antônio José Medeiros e o reitor da Ufpi, José Arimateia Dantas Lopes, também prestaram homenagens ao educador. Representando a família, seu filho José Santana apontou a emoção de todos com o lançamento da biblioteca. “Para nós todos, os irmãos que estão aqui e vários familiares, representa uma alegria muito grande, porque não se trata para nós apenas daquilo que é mais importante do ponto de vista institucional, que é a inauguração de uma biblioteca com o nome do nosso pai, para nós representa tudo aquilo que nós aprendemos a admirar no nosso pai, um homem empreendedor, um homem de caráter, um homem dedicado a vida da sua terra, então isso que sempre foi motivo de admiração para nós, espero que seja um sentimento compartilhado aos jovens de hoje e de amanhã que também vão se dedicar às pesquisas, o ensino, ao debate dos problemas de desenvolvimento da nossa terra”, finalizou.

Festival Sanfonia começa amanhã (27) e reúne músicos do Piauí, Maranhão, Ceará e Pernambuco

Músicos do Piauí, Maranhão, Ceará e Pernambuco estarão reunidos nos dias 27, 28 de fevereiro 01 de março, no primeiro Festival de Forró Pé de Serra do Piauí – Sanfonia. O evento que irá promover a música nordestina acontecerá no espaço de eventos do Teresina Shopping e distribuirá R$ 10 mil em premiação.

O festival terá duas classificatórias, com 12 participantes cada, onde cada dia serão escolhidas seis músicas que disputarão a final. A premiação para os três primeiros colocados são: R$ 4 mil, R$ 3 mil 3 R$ 2 mil. O melhor intérprete, melhor sanfoneiro, melhor zabumbeiro e melhor triangulista também serão premiados no evento.

Além da disputa musical, todos os dias haverá shows para o público.  Na programação do primeiro dia terá apresentações da Orquestra Sanfônica Seu Dominguinhos e Chagas Vale, no dia 28, quem se apresenta é a Banda de Pífanos Caju Pinga Fogo e Gonzaga Lu. No dia 01 de março, a grande final, terá como atração musical Wanya e Valdecir da Rabeca e o sanfoneiro Adelson Viana.

 

Adelson Viana

 

O projeto tem a curadoria do produtor cultural Chagas Vale e do músico Gonzaga Lu. Na reta final para o Festival, os curadores estão com as melhores expectativas sobre o evento. “Ficamos muito otimistas com a quantidade de inscrições que recebemos, foram mais de 80 músicas vindas de seis Estados:  Rio de Janeiro, Goiás, Pernambuco, Maranhão, Ceará e Piauí, todas as composições foram de excelente qualidade”, destacou Chagas Vale

Das 80 músicas inscritas, 36 foram pré-selecionadas e os jurados, atribuíram notas de 0 a 10, para assim chegar a quantidade de 24 canções que estarão no Sanfonia. Foram avaliados a qualidade da letra e melodia.

Chagas Vale se mostrou surpreso quanto a repercussão do Festival fora do Piauí “Sendo o primeiro festival fiquei surpreso e feliz com a repercussão em outros Estados, que se deu através da internet, redes sociais, grupos de Whatsapp. Muita gente se inscreveu e outros perderam a inscrição por que não atentaram para o prazo. Estamos muito contente com o resultado do festival e com a qualidade das músicas inscritas. Com certeza será um grande evento musical”, garantiu.

 

Wanya da Rabeca

 

Gonzaga Lu conta que a ideia do festival era fazer um evento para levantar a bandeira do forró pé de serra, mostrando que o Piauí pode fazer coisas boas dentro da música e resgatar a cultura do forró pé de serra, no Estado. “O evento irá reunir muitos músicos dentro do segmento pé de serra. Por ser o primeiro festival estamos com uma boa repercussão, músicos de qualidade e canções inéditas. Com certeza irá revelar novos e grandes talentos do forró genuinamente nordestino”.

O 1° Sanfonia é uma realização da Colônia Gonzaguiana com o apoio da Secretaria de Estado da Cultura, através do Sistema de Incentivo Estadual à Cultura – SIEC e visa promover a música piauiense contribuindo para o fortalecimento da arte musical, valorizando o músico e possibilitando aos artistas participantes  a oportunidade de lançar-se no mercado profissional, além de oferecer ao público shows de boa qualidade, promovendo intercâmbio entre os músicos do Piauí com os outros artistas de diferentes Estados que estarão participando do evento.

Orquestra Sanfônica

 

Programação Festival Sanfonia

27 de Fevereiro

Orquestra Sanfônica Seu Domiguinhos

Chagas Vale

28 de Fevereiro

Bando de Pífanos Caju Pinga Fogo

Gonzaga lu

01 de Março

Wanya e Valdeci da Rabeca

Adelson Viana

Farmácias e drogarias do Estado estão obrigadas a se adequarem à novas regras

Com o objetivo de regulamentar os horários da presença do farmacêutico nas farmácias e drogarias de todo estado, o Conselho Regional de Farmácia do Piauí (CRF-PI) publicou na última semana, uma circular reiterando as informações de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) assinado pelo CRF, Ministério Público, Vigilância Sanitária Estadual e demais entidades representativas da área farmacêutica. O documento normatiza a implementação da assistência farmacêutica plena na capital e interior, iniciada ainda em 2016.

Farmácias e drogarias de pequeno porte ou conjunto de lojas inferior a 10, na capital, desde janeiro de 2018, deverão possuir profissional farmacêutico por um período mínimo de 6 horas diárias, totalizando 30 horas semanais.

Farmácias e drogarias de pequeno porte ou conjunto de lojas inferior a 10, localizadas nas dez cidades polos de desenvolvimento do Piauí, a partir de janeiro de 2018, deverão manter um profissional presente por um período mínimo de 4 horas diárias, totalizando 20 horas semanais. Parnaíba, Piripiri, Campo Maior, Valença, Picos, Oeiras, São Raimundo Nonato, Floriano, Uruçuí e Bom Jesus estão listadas como as cidades polos.
Redes de farmácias e drogarias presentes na capital e interior, a partir de 2018, deverão implementar a assistência plena, com um farmacêutico durante todo o horário de funcionamento, respeitando-se o horário de almoço, de 2 horas.
Para as drogarias localizadas nos demais municípios piauienses, fica estabelecido que funcionarão com profissional farmacêutico registrado em CRT com 4 horas diárias perante o CRF, com carteira de trabalho assinada.
As normas fazem parte da implementação da primeira etapa do TAC, que terá ajustes em 2020, 2022, 2024 e 2026.
Para o presidente do CRF-PI, Luiz Junior, a implementação do novo TAC beneficia principalmente a população, que terá a presença de um profissional farmacêutico presente nas farmácias e drogarias. “Quem mais ganha é o paciente, que poderá tirar suas dúvidas e comprar medicamentos com mais segurança, assim como, é um avanço para a profissão, no sentido de obrigar os estabelecimentos a dispor de um um profissional capacitado para realizar o atendimento”, destaca Luiz.

Quase metade dos compradores de luxuoso edifício da Aston Martin em Miami são brasileiros

Após desembolsar U$125 milhões em um terreno em Downtown, a Aston Martin – conhecida pela excelência em carros esportivos de alto desempenho, ingressou de forma glamourosa no mercado imobiliário com a construção do Aston Martin Residences. Com previsão de entrega para o ano de 2022, cerca de 20% das unidades já foram vendidas. Desse total, 40% para brasileiros.

A torre contará com 66 andares. A construção está sendo realizada pela empresa argentina G and G Business Developmentes e a comercialização é realizada pela BRG International, Um detalhe que está atraindo os compradores é a decoração das áreas comuns do edifício, que será focada no estilo Aston Martin, sempre transmitindo o ambiente tropical da bela cidade americana.

Em construção no último local disponível do Miami River, unidades no empreendimento podem custar a partir de U$ 500.000

 

O empreendimento foi projetado com heliporto no topo, estações de carregamentos para carros elétricos, piscina infinita no terraço localizada no 55º andar, Fitness Spa e Fitness Center. Há ainda sala de meditação e suítes de tratamento, galeria de arte e lobby art no 53º andar, cinema privativo, golfe virtual, salão de beleza, entre outras mordomias, sem contar que, para a alegria de quem gosta de animais, o prédio é pet friendly.

Futuros proprietários que desejam conhecer a região em que estará o imóvel são levados até a área de barco pela empresa responsável pelas vendas. A ideia é adiantar a exclusividade do edifício: há uma marina, onde atracarão os iates dos moradores.

Rainha Elizabeth 2ª vai na Semana de Moda de Londres!

A fila A dos desfiles sempre está cheia de celebridades, mas dessa vez uma aparição um tanto quanto intrigante aconteceu na Semana de Moda de Londres. Ninguém menos que a própria Rainha Elizabeth 2ª pintou no desfile de Richard Quinn!

RAINHA ELIZABETH 2ª AO LADO DA ANNA WINTOUR, EDITORA DA “VOGUE” AMÉRICA

Ela nunca havia comparecido ao evento antes e não anunciou sua visita – a rainha de 91 anos estava lá pra inauguração da premiação Queen Elizabeth II Award for British Design, que pretende prestigiar estilistas britânicos que mostrarem talento e inovação, sempre de forma consciente.

O LOOK FOI FEITO PELA ANGELA KELLY, ASSISTENTE E ESTILISTA DA RAINHA DESDE 2002

E adivinha: foi o Richard que ganhou! E esse sobrenome dele que é tão parecido com queen, rainha em inglês?

 

RICHARD QUINN RECEBENDO O PRÊMIO ENTRE A JORNALISTA SARAH MOWER E A RAINHA

Sete municípios do Piauí sobem de categoria no Mapa do Turismo

O Ministério do Turismo atualizou a categorização dos municípios que compõem o Mapa do Turismo Brasileiro. Esse instrumento é importante para acompanhar o desempenho da economia do turismo e balizar políticas públicas, além de orientar o repasse de verbas federais. De acordo com a nova categorização, sete cidades do Piauí registraram crescimento pelo setor – Avelino Lopes, Cajueiro da Praia, Francinópolis, Ilha Grande, Miguel Leão, Pedro II e São Raimundo Nonato -, seja por terem aumentado o número de empregos por meio do turismo, ampliado os estabelecimentos formais de hospedagem ou o fluxo de visitantes domésticos e internacionais.

 

Pedra Furada na Serra da Capivara,em São Raimundo Nonato PI (Fotografia – Renato Grimm)

 

“A melhoria de destinos a exemplo de Cajueiro da Praia, que dá acesso à famosa Praia de Barra Grande, ideal para a prática de kitesurf, e Ilha Grande, porta de entrada para as belezas do Delta do Parnaíba, mostra que as cidades têm trabalhado para fortalecer a atividade turística. No que diz respeito ao Ministério do Turismo, estamos atentos às demandas do setor, como melhoria de infraestrutura, legalização e qualificação dos serviços”, frisa o ministro do Turismo, Marx Beltrão.

Por outro lado, três cidades piauienses tiveram redução em suas categorias: Campo Maior, Corrente e Lagoa do Barro do Piauí. Importante ressaltar que a categorização é um processo dinâmico e perene que, assim como o Mapa do Turismo Brasileiro, deverá ser atualizado e aperfeiçoado periodicamente. Assim, se um município teve seu fluxo turístico e seus estabelecimentos formais de hospedagem ampliados, provavelmente, na próxima categorização, quando dados serão novamente avaliados, ele poderá mudar de posição.

Cenário paradisíaco de Cajuiero da Praia

 

Apoio do MTur

Com o objetivo de melhorar a infraestrutura das cidades e recuperar posições na categorização, o MTur já destinou, desde 2003, aproximadamente R$ 4,3 milhões a Campo Maior e Corrente para obras de pavimentação e construção de praças, entre outras iniciativas.

Segundo a portaria 39/2017 do MTur, somente municípios classificados entre ‘A’ e ‘D’ podem pleitear apoio a eventos geradores de fluxo turístico. De acordo com a nova categorização, as cidades de Avelino Lopes, Francinópolis, Ilha Grande e Miguel Leão, agora na categoria ‘D’, passam a poder contar com até R$ 150 mil por ano do governo federal para a realização de festejos. Já Cajueiro da Praia, Pedro II e São Raimundo Nonato, classificadas como ‘C’, têm direito a um limite de R$ 400 mil.

Todos os municípios – de A a E – estão aptos a pleitear recursos de infraestrutura, como construção de estradas e rodovias de interesse turístico; orlas e terminais fluviais, lacustres ou marítimos; reforma de terminais rodoviários intermunicipais e interestaduais, de aeroportos, ferrovias e estações férreas de interesse turístico; sinalização turística, entre outros.

O Piauí conta com 77 cidades no Mapa do Turismo Brasileiro, classificadas da seguinte maneira: A (01), B (01), C (07), D (36) e E (32).

Os municípios que subiram de categoria:

Avelino Lopes

Cajueiro da Praia

Francinópolis

Ilha Grande

Miguel Leão

Pedro II

São Raimundo Nonato

Fonte: Ministério do Turismo

Festival Artes de Março iniciará programação com Mostra de Cinema

Arte, música e cinema tem lugar cativo no maior festival de cultura do Piauí: o Artes de Março. O festival criado pelo Teresina Shopping, este ano, dedica uma semana inteira à celebração da cinematografia mundial com a I Mostra de Cinema Artes de Março. O evento de abertura será um painel dedicado a produção independente com exibição de longas premiados e, em sua grande maioria, inéditos no Brasil.

 

A 1ª edição da Mostra acontece de 1º a 7 de março nos Cinemas Teresina com exibição de filmes argentinos. O evento será totalmente gratuito com um filme exibido por dia, em sessão única às 19h30.

Douglas Machado, curador dos Cinemas Teresina, explica como surgiu a ideia de realizar a Mostra. “A ideia nasceu com a solidificação da própria identidade dos Cinemas Teresina. Ao longo de todo o ano de 2017, exibimos filmes de diversas cinematografias, de vários países e mesmo do Brasil, exibimos filmes de vários cantos do país e nunca estivemos engessados no ‘circuitão’. Sempre mesclamos filmes de grande público com filmes de autor, trabalhando com diversas distribuidoras. Pelo fato do ‘Artes de Março’ fazer parte do calendário cultural da cidade e ser um evento do Teresina Shopping, local onde funciona os Cinemas Teresina, propomos uma semana de cinema como parte das atividades”, disse o curador.

A rica programação da I Mostra de Cinemas contempla produções cinematográficas premiadas pelo mundo. “Procuramos uma variedade de gêneros no cinema argentino. Escolhemos filmes de comédia, ação, drama, experimentais, inspirados em histórias em quadrinhos, documentários; contudo, mantendo todos eles imersos numa assinatura independente, aliada à qualidade técnica e artística”, ressalta Douglas.

Sessão especial

A Mostra será encerrada em grande estilo com sessão debate e a primeira exibição no Brasil do filme Zama, de uma das maiores diretoras de cinema do mundo, a argentina Lucrecia Martel. A escolha do filme é uma homenagem ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março.

Os amantes da sétima arte poderão participar da sessão especial com debate e a presença do especialista em cinema argentino Hayrabet Alacahan. O debate, que acontecerá no dia 7 de março, será em espanhol com tradução simultânea para o português.

Hayrabet Alacahan nasceu na Armênia, mas vive e trabalha em Buenos Aires desde 1970. Ele é um dos mais importantes investigadores, historiadores e cineclubistas da América Latina e fundador e integrante da Fundación Cineteca Vida. O estudioso contribuiu na curadoria do evento.

Antônio Aquino, gerente dos Cinemas Teresina, explica que os ingressos da Mostra serão entregues no dia da exibição de cada filme. “Logo na abertura do funcionamento dos Cinemas, cada espectador poderá se dirigir a bilheteria e pedir um ou, no máximo, dois ingressos. As poltronas não serão numeradas, por isso é importante chegar cedo. Depois basta esperar a hora de entrar e aproveitar um novo filme a cada dia”, recomenda.

A Mostra reafirma o compromisso dos Cinemas Teresina em propor uma programação cinematográfica mais diversificada contemplando produções independentes e clássicas, porém sem esquecer os grandes lançamentos.

PROGRAMAÇÃO:

1º de março de 2018 [Quinta-feira]

Filme: AO CÉU OU AO INFERNO [AL CIELO O AL INFIERNO]

Diretor: Lauro Racosky

Gênero: Comédia

Classificação: 12 anos

Sinopse: Todo o encanto da viúva Mercedes cai por água abaixo devido a aparição do seu finado Carlos. E no próprio velório, outros visitantes noturnos aparecem e revelam a vida libertina e conjugal do defunto. Neste alvoraço, Mercedes encontra uma nova maneira de enfrentar a realidade, liberando suas mais ocultas paixões.

2 de março de 2018 [Sexta-feira]

 

Filme: FANGO [FANGO]

Diretor: José Celestino Campusano

Gênero: Drama

Classificação: 16 anos

Sinopse: Nas ruas empoeiradas e violentas da zona Sul de Buenos Aires, transitam dois músicos veteranos – sempre dispostos a levar o ritmo do tango ao extremo, por vezes fundindo com acordes de rock thrash. São eles: El Brujo e El Indio. Não há uma presença institucional do Governo nesta região da cidade e as diferenças são resolvidas com armas – muitas delas, caseiras. Neste palco de violência, eles seguem com sua música. Mas, a vida cobra justamente de quem não sabe se defender.

3 de março de 2018 [Sábado]

Filme: BRANCO OU NEGRO [BLANCO O NEGRO]

Diretor: Matías Rispau

Gênero: Ação

Classificação: 14 anos

Sinopse: Adrián abandona as montanhas do sul da Argentina e regressa a Buenos Aires para se vingar do assassinato de sua noiva. Seu amigo Júlio tenta ajudá-lo a lembrar dos bons tempos, já perdidos. Mas nada adianta, Buenos Aires se transforma em um cercado sangrento de vingança.

4 de março de 2018 [Domingo]

Filme: RÉQUIEM PARA UM FILME ESQUECIDO [REQUIEM PARA UN FILM OLVIDADO]

Diretor: Ernesto Baca

Gênero: Documentário

Classificação: Livre

Sinopse: Em 2012, a Kodak interrompe a produção de negativos de filme. A morte do cinematógrafo parece certa. Ernesto Baca, cineasta, está consciente de que o fim do celuloide é também o fim do seu próprio cinema. Esta questão impulsiona Baca a recorrer a sua filmografia e com sobras de seus filmes realiza “Requiem para um filme esquecido”. Com isso, cria também a Argenta, uma emulsão para fabricar negativos para cinema.

5 de março de 2018 [Segunda-feira]

Filme: VITAMINAC [VITAMINAC]

Diretor: Matías Musa

Gênero: Ficção Científica

Classificação: 14 anos

Sinopse: VITAMINAC é uma ficção científica baseado no HQ homônimo, de Matías Musa. Mergulha em questões ligadas ao controle da mente como também em aspectos metafísicos da existência humana. A ação ocorre no período pós-nuclear numa megalópolis multidimensional chamada Koi-Osaka. Combina ação real com diversas técnicas de animação, criando uma nova linguagem visual bastante expressiva.

6 de março de 2018 [Terça-feira]

Filme: O HOMEM QUE CONTA [EL HOMBRE QUE CUENTA]

Diretor: Omar Magrini

Gênero: Drama

Classificação: 12 anos

Sinopse: Uma mãe doa sua própria vida como oferenda; o filho dela segue o pedido e a espera, contando números ininterruptamente; um tigre mata e é morto; uma viagem ao Pampa encontra um bar perdido; paroquianos se reúnem numa cerimônia mística; uma mulher misteriosa que foge; o antes menino agora homem segue a contar e a esperar. Elementos de vida e morte que se contrapõem na história.

7 de março de 2018 [Quarta-feira]

Sessão dupla: exibição do filme e palestra sobre Cinema independente Argentino com Hayrabet Alacahan

Filme: ZAMA [ZAMA]

Diretor: Lucrecia Martel

Gênero: Drama

Classificação: 14 anos

Sinopse: Zama, um oficial da Coroa Espanhola nascido na América do Sul, aguarda por uma carta do rei que deverá autorizá-lo a se transferir da cidade em que vive estagnado, para um lugar melhor. Os anos passam e a carta do Rei nunca chega. Quando Zama percebe que tudo está perdido, ele se junta a um grupo de soldados que saem a perseguir um perigoso bandido.

 

Fonte: Assessoria