Vando do Trombone & Cia é atração do Boca da Noite desta quarta (21)

O Projeto Boca da Noite desta quarta-feira (21) apresenta o grupo Vando do Trombone & Cia. A banda tem como principal foco de trabalho a música instrumental com forte tendência ao chorinho. O show começa às 19h, no Espaço Osório Jr/Club dos Diários.

Músico militar do Exército Brasileiro, especialista em instrumentos de banda de música, compositor, arranjador, flautista, produtor cultural e trombonista com reconhecimento profissional no cenário musical brasileiro, Vando criou, no ano de 2003, o grupo de choro “Trombone e Cia” e no mesmo ano, com a atriz Vera Leite, fundou um grande movimento cultural conhecido como “Clube do Choro de Teresina”.

No ano de 2006, colocou em prática o projeto Orquestra de Frevo “Fervendo o Frevo” que, durante o período carnavalesco, tem se destacado por onde passou, animando o Carnaval tradicional de ruas, clubes e trios elétricos, resgatando os antigos carnavais por meio das tradicionais marchinhas.

Dentre outros projetos, promoveu, no ano de 2012, em Teresina, o Projeto Revivendo o Choro, que contou com a participação de grandes nomes da música instrumental e vocal piauiense, bem como a participação do ilustre músico reconhecido internacionalmente: Gaúcho Jorginho do Trompete.

Se destacando por onde passava, Vando começou a tocar em outras bandas e em grupos conhecidos na cidade, como: Explosão Latina, Arquivo Musical, Banda Bandida, Matéria Prima, Partido Alto, Razão de Ser, Neide Tinoco e Banda, Beth Moreno, Virna Lise, Teresina Jazz Band, Brigith Bardot, Geração do Samba, Banda Vênus, dentre outras. Posteriormente criou o grupo de samba mais conceituado da cidade, que se chamava Grupo Detalhes e depois se transformou em Trombone e Cia.

O Projeto Boca da Noite é uma realização do Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult). A entrada é gratuita para os shows que ocorrem todas as quartas-feiras em Teresina e uma vez por mês nos municípios do interior.

Fonte: CCOM

Papai Noel chega de helicóptero em Teresina neste domingo (18)

 

O Natal se aproxima e para iniciar a festa, Papai Noel vai sobrevoar Teresina neste domingo (18), trazendo o espírito das festividades e despertando os melhores sentimentos em todos. O bom velhinho desembarcará no Shopping Rio Poty às 17h30, celebrando a inauguração da decoração natalina, que este ano tem como tema a cultura do Piauí e o Natal de antigamente, num resgate da verdadeira motivação dessa festa celebrada no mundo todo.

O desembarque acontecerá no estacionamento do shopping, ao lado da Dom Pneus. Ele percorrerá os corredores do shopping saudando as famílias junto com artistas circenses – malabaristas, palhaços e acrobatas. A festa segue até o piso L2, onde Papai Noel vai inaugurar a decoração preparada para celebrar as festas de fim de ano no Rio Poty.

A decoração é uma parceira com a Mundoposto. O empresário e decorador Igor Leite criou a concepção de fazer do Natal uma homenagem ao Piauí, celebrando os costumes e a cultura popular.

“É uma ideia 100% piauiense. Pensamos em como era o Natal de antigamente, uma comemoração simples, onde as crianças rezavam, pensavam em Jesus e tinham o Natal como uma simbologia mais singela. Então, fomos para o interior do Piauí e idealizamos uma cidade fictícia, que mistura um pouco do sertão com o nosso litoral. Estamos trazendo essa ideia para que as pessoas possam resgatar a magia do Natal cada vez mais. O nosso grande pano de fundo é que não precisa ter neve, pinheiro, um Papai Noel europeu. Precisa somente ter o espírito de Natal em família, pensando e rezando. É um Natal com o espírito nordestino e as pessoas vão se identificar muito com os mínimos detalhes”, conta Igor Leite.

A decoração contém elementos como a cerâmica do Poti Velho, além de lojinhas montadas numa cenografia que remete a uma praça do interior. É a Mini Vila Rio Poty, com uma igrejinha ao fundo, muitas luzes, uma árvore de 15 metros e elementos natalinos compõem o cenário para receber Papai Noel, que permanecerá no shopping abraçando as crianças com seus pedidos de presentes até o Natal.

OAB/PI: Celso Barros Neto promoveu encontro com presença de mais de 400 jovens advogados

Na noite dessa quarta-feira, 14, a Chapa 4 – Independência OAB promoveu mais um encontro com a jovem advocacia piauiense. Ao lado de integrantes da Chapa, o candidato à presidência da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Piauí, para o triênio 2019-2021, Celso Barros Neto, em ambiente de descontração, conversou com mais de 400 jovens advogados sobre inserção no mercado de trabalho, representatividade e o futuro da OAB.
Celso Barros Neto mostrou o porquê da Chapa 4 ser a chapa representatividade dessas eleições. “Ressaltamos a total e absoluta defesa dos direitos dos jovens advogados e concurseiros frente a Ordem. Essa não foi apenas uma noite para desopilar, mas para deixar marcado que a Independência OAB veio para ficar e conquistar a Independência da nossa OAB no dia 24”, completou.
O candidato ainda ressaltou a importância de propostas voltadas para os jovens advogados.”A jovem advocacia tem que ter o interesse especial da OAB. Precisam ter acesso ao mercado de trabalho e isso implica na defesa do concurso público,que é algo que defendemos. É uma porta de acesso mais democrática ao serviço público e que iguala todos os candidatos, garantindo vagas sem favorecimento político ou pessoal, e por isso conclamamos para que confiram as nossas propostas e principalmente para saberem que defendemos o concurso público como acesso ao mercado de trabalho”, comentou o candidato durante o evento.
Para a candidata à vice-presidência pela Chapa 4, Alynne Patrício, é preciso fazer uma análise de cada candidato a fim de decidir o voto baseado em fatos e propostas.
“Nós realmente entendemos o perfil da jovem advocacia, sabemos como nos comunicar com eles e por isso nossa Chapa tem tido uma aceitação tão grande dos jovens advogados. Pois temos propostas que atingem desde o advogado militante ao advogado concurseiro, àquele que quer fazer uma pós graduação/mestrado/doutorado, a Chapa não segrega, ela une, soma. Nós falamos ao idoso, jovem, mulher, homem, à advocacia pública, à advocacia privada. E todo têm comentado que a Chapa 4 não vai para o confronto, apenas fala de propostas. Então, pedimos que avaliem, analisem as propostas, não votem meramente por amizades, é o futuro da advocacia que está em jogo. Analisem o currículo dos candidatos, vejam o histórico de trabalho  pela Ordem, que é muito importante. Depois que fizer essa análise, eu não tenho dúvidas que dia 24 é Chapa 4”, completou a Alynne Patrício.

Corredor da Avenida João XXIII deverá ser entregue no próximo mês

Está em fase de finalização o Corredor Leste, que fica localizado na Avenida João XXIII. Cada corredor tem uma quantidade de estações específicas para atender ao número de ônibus que devem circular pelos locais. A expectativa é que o corredor seja entregue ao longo do mês de novembro.

 

 

A parte do Corredor Leste, que fica na Avenida João XXIII, terá cinco estações embarque e desembarque de passageiros, todas climatizadas e com portas automáticas.

 

 

De acordo com a engenheira Adélia de Melo, o Corredor Leste entrou na fase de finalização. “Estamos agora realizando a limpeza, pintura e os retoques nas estações que ficam ao longo do Corredor Leste, especialmente, a parte que fica na Avenida João XXIII”, acrescentou.

 

 

No que diz respeito aos semáforos sonorizados para pedestres, foram implantados quatro equipamentos ao longo da Avenida. “A expectativa é que a partir da próxima semana os semáforos sonorizados para pedestres comecem a funcionar. O equipamento tem como objetivo proporcionar uma travessia segura para os pedestres, inclusive, todos equipados com sonorizadores para garantir a travessia segura das pessoas com deficiência visual”, acrescentou.

 

 

A engenheira informa que foi finalizada a automação das portas. “Estamos com as nossas equipes trabalhando nas estações para finalizar o quanto antes. A expectativa é que no próximo mês a prefeitura entregue a parte do Corredor Leste, que compreende a Avenida João XXIII”, finalizou.

 

Prefeitura lança edital do concurso da Guarda Municipal

A Prefeitura de Teresina, por meio da Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi), lança na segunda-feira (5), o edital do segundo concurso para a Guarda Civil Municipal de Teresina. O lançamento acontece às 12h, no Salão Nobre da Prefeitura, no Centro da capital. O certame visa o preenchimento direto de 75 vagas, além da formação de cadastro de reserva.

 

As inscrições estão previstas para acontecer no período de 26 de novembro a 27 de dezembro deste ano. O processo seletivo será realizado pelo Núcleo de Concursos e Promoção de Eventos (Nucepe), com a primeira prova com previsão para acontecer no início de janeiro de 2019. Ao todo, serão seis etapas classificatórias no concurso, incluindo o Curso de Formação para os guardas. Os candidatos classificados para o cadastro de reserva poderão ser convocados em até dois anos, no máximo.

 

“A perspectiva é de que chamemos um número maior do que estamos prevendo inicialmente. Queremos, com esse concurso, fortalecer a Guarda Municipal, que é uma instituição nova, mas que já tem sua importância e representatividade para nossa cidade. O trabalho da Prefeitura de Teresina é, depois de criá-la, fortalecê-la, porque isso se traduz em melhores resultados para a segurança dos teresinenses”, declara o secretário da Semcaspi, Samuel Silveira.

 

Criada por meio da Lei complementar n° 3.834, a Guarda Civil Municipal de Teresina atua nas praças da Bandeira, Rio Branco, do Fripisa e dos Skatistas; parques Lagoas do Norte, Estação da Cidadania, Floresta Fóssil e Encontro dos Rios; Centro Unificado de Esporte e Lazer (CEU) Sul e Norte e Complexo Esportivo José Ponce Filho (Parentão); Centro Pop, Restaurante Popular de Teresina e Corredores e Terminais de Integração do Itararé, do Parque Piauí e Bela Vista.

 

A Guarda atua, ainda, nos projetos “Teresina Protege” e “Educando para Prevenir”, que integram as ações do Programa Vila Bairro Segurança. O edital estará disponível a partir das 8h, nos sites do Nucepe, da Prefeitura de Teresina e da Semcaspi.

Projeto de urbanismo da Prefeitura é selecionado em mostra nacional

O Nossa Rua, um movimento elaborado por estudantes em parceria com a Prefeitura de Teresina, foi selecionado para compor a 3° Mostra de Urbanismo Colaborativo que acontece no país. A mostra tem por objetivo identificar como prefeituras, organizações, associações de bairro, estudantes se articulam na elaboração de projetos e iniciativas de melhorias da qualidade da vida urbana.

 

 

O Nossa Rua consiste na retirada dos carros da avenida, propondo a vivência por pedestres, contando com atividades culturais e gastronômicas, incentivando empreendedores locais e trazendo a experiência de uma cidade feita para as pessoas. A Prefeitura leva para o local da ação atrações musicais, oficinas e outras atividades.

 

 

“Em uma das edições, uma senhora comentou que mora há 20 anos perto da Nossa Senhora de Fátima e que nunca tinha andando a pé por lá. É outra forma de vivenciar a cidade. Sair do carro e andar a pé e é isso que a Prefeitura pretende resgatar”, afirma Constance Jacob, coordenadora da área central na SDU Centro Norte.

 

 

Além dele, a capital conta com outras ações de urbanismo como o Caminharte, o Passa na Praça e agora o Varanda Urbana, todos acontecendo na área central da cidade. “A Prefeitura de Teresina, desde 2013, assumiu uma posição com relação ao planejamento urbano da cidade, com o objetivo de reverter um processo histórico, onde a prioridade da cidade era dada aos carros e não as pessoas. O Nossa Rua veio quebrar isso e a gente fica muito feliz. A esperança é de que nas próximas edições da Mostra, os outros projetos, como o Caminharte, o Varanda, que acontecem na área central, também sejam selecionados”, reafirma Constance Jacob.

 

 

A Mostra acontece este ano em Fortaleza (CE), de 12 a 14 de novembro. Na edição deste ano, foram selecionados projetos que a partir da cooperação, da interdisciplinaridade, do advocacy, da utilização de tecnologias sociais e/ou de estratégias inovadoras buscaram fomentar a participação social, o engajamento cívico, a ampliação de oportunidades e a apropriação coletiva do espaço urbano.

Aluna do IFPI é selecionada para representar o estado no Programa Jovens Embaixadores

Ana Beatriz Santana Sousa, estudante do Ensino Médio Integrado no Campus Teresina Zona Sul do Instituto Federal do Piauí, foi uma dos 50 jovens selecionados para participar do Programa Jovens Embaixadores. O programa é uma iniciativa de responsabilidade social da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, em parceria com organizações públicas e privadas.

A seleção teve início em agosto e foi realizada em 7 etapas, entre formulários, provas escritas e orais, além da visita de representantes do programa aos candidatos. O resultado foi divulgado na última terça-feira, 30.

Os selecionados irão passar três semanas nos Estados Unidos em janeiro de 2019. Na primeira semana, Ana Beatriz participará de reuniões em organizações dos setores público e privado, visitará escolas e projetos sociais e participará de oficinas sobre liderança e empreendedorismo jovem.

No final da viagem, os jovens participantes apresentarão um plano de ação na área de voluntariado para ser implementado em suas comunidades após o retorno ao Brasil.

 

Ana Beatriz, aluna do IFPI

Ana Beatriz já é a sexta aluna do Instituto Federal do Piauí a ser escolhida para o programa. O primeiro aluno selecionado foi César Augusto, em 2010, do Campus Floriano; de 2013 a 2015 tivemos mais três outros alunos, todos do Campus Central, e em 2016, Luís Eduardo, também do Campus Teresina Zona Sul, foi o selecionado.

O Programa Jovens Embaixadores beneficia, com uma viagem de três semanas aos Estados Unidos, alunos brasileiros da rede pública com excelente desempenho escolar, que falam inglês, que pertecem à camada sócio-econômica menos favorecida, que têm perfil de liderança, atitude positiva e que prestam serviço voluntário à comunidade.

OAB/PI: Lançamento da chapa de Celso Barros Neto reúne advogados de várias regiões do Piauí

A advocacia piauiense está unida à Chapa 4 – “Independência OAB”, liderada pelo Conselheiro Federal da OAB, Celso Barros Neto. Na noite dessa quarta-feira (31), na Mansão Bliss, o movimento reuniu aproximadamente mil apoiadores, de Teresina e de várias cidades do interior, com um propósito maior em comum: uma OAB/PI mais independente.  O candidato à presidência da OAB/PI Celso Barros Neto, ao lado de sua vice-presidente, a advogada Alynne Patrício, e toda a diretoria da Chapa 4 – “Independência OAB”, tem conseguido adesão de advogadas e advogados por meio de exemplos de serviço prestado à advocacia piauiense e propostas sólidas para melhorias na OAB/PI.

O evento que reuniu advogados e advogadas de Teresina, Timon, Picos, Oeiras, Pio lX, Elesbão Veloso, Floriano, Bom Jesus, Regeneração, Piripiri, Parnaíba, Corrente, Campo Maior, São João da Cana Brava, Barras, Esperantina, Inhuma, Valença, são Raimundo Nonato, Uruçuí, provou que advogados e advogadas de diferentes regiões do Piauí estão motivados e unidos por uma OAB mais representativa, transparente, democrática e ativa na vida dos advogados.

Segundo Celso Barros Neto, a OAB precisa ser mais independente, e por isso a escolha desse nome para a chapa.

 “O nosso lema não é uma ação de marketing, é uma ação concreta do que nós queremos e sonhamos para todos os advogados e advogadas do Piauí. Tenho certeza que a nossa vitória virá, pois estamos todos aqui com um espírito de trabalho, com o coração aberto para trabalhar e fundamentalmente, temos na nossa natureza o espírito de luta. Estamos aqui não para realizar nossos sonhos em participar da OAB, isso é apenas nossa missão, nós queremos, na verdade, é realizar os sonhos dos advogados para que possam ter uma justiça que funcione, uma entidade independente que os represente”, afirmou em meio a aplausos dos mil apoiadores presentes.

Em discurso, o Conselheiro Federal ainda pontuou uma das principais propostas da Chapa 4. “Precisamos falar primeiramente das prerrogativas. Elas são nossas, são um patrimônio dos advogados e por meio delas que emitimos os pareceres da procuradoria federal, que emitimos nossas ações na defensoria pública, que os advogados criminalistas têm as suas proteções no sistema penitenciário e com essas prerrogativas que muitos advogados enfrentam o seu dia a dia”, afirmou o candidato.

Chapa Independência OAB com os advogados Lucas Gomes, Alynne Patrício, Celso Barros Neto, Nara Letícia Aragãoe Einstein Sepúlveda

A candidata à vice-presidente da OAB/PI, Dra. Alynne Patrício, também discursou durante o evento e provou que a Chapa 4 traz toda a força e representatividade que a advocacia feminina precisa.

“Meu trabalho me credenciou para estar hoje concorrendo à vice-presidência da OAB/PI. E o desafio é grande. Nós mulheres enfrentamos múltiplas jornadas. E eu aceitei esse desafio tranquila, pois vamos trabalhar muito. Quando temos o compromisso, a missão de transformar vidas e de realizar  sonhos, não tem hora, não tem cargo, não tem desafio que seja maior do que isso”, afirmou.

 

Sobre Celso Barros Neto

Formou-se em Direito na Universidade Federal do Piauí (UFPI), sendo o orador oficial de sua turma. Advogado militante no Piauí e no Maranhão na área empresarial, consumidor e administrativa. Aprovado em sete concursos, é Procurador do Estado do Piauí, tendo sido aprovado em 2º lugar no concurso. Atualmente, também é Conselheiro Federal da OAB e membro da Comissão Nacional de Acesso à Justiça do Conselho Federal da OAB. Na OAB-PI é membro da Comissão de Relacionamento com o Judiciário e da Comissão de Direito Desportivo.

Nelson Nery Costa lança obra sobre “desobediência civil” no próximo sábado (27)

A Academia Piauiense de Letras lançará no sábado (27) novas publicações da Coleção Centenário. As obras são: Ermelinda, de Lili Castelo Branco; Teoria e Realidade da Desobediência Civil, de Nelson Nery Costa; bem como Novas Páginas Parnaibanas, de Alcenor Candeira Filho; e O Cantinho do Poeta, de Jonas Piauí.
O lançamento das publicações ocorrerá na sede da instituição centenária a partir das 10 horas. As obras trazem visões diversas sobre a realidade local e nacional, abarcando uma síntese rica da nossa cultura e também da política. Em Teoria e Realidade da Desobediência Civil, por exemplo, Nelson Nery Costa descreve este instituto da democracia política, a partir da análise da redemocratização brasileira e do novo sindicalismo.
O presidente da APL, Nelson Nery Costa
A coleção centenário traz para os piauienses obras que reúnem informações, histórias, fatos, relatos e imagens que retratem a história da Academia. “Estamos realizando uma série de eventos em homenagem aos 100 anos da APL; a Coleção Centenário é um desafio editorial e não tem nada similar no Brasil”, indicou o presidente da APL, Nelson Nery Costa.
A instituição está desenvolvendo uma programação desde dezembro do ano passado em que comemora os seus 100 anos. Entre os eventos, já ocorreu a entrega da Medalha do Centenário a mais de 50 personalidades que contribuíram ou tem contribuído para a literatura piauiense. Também já foi inaugurado o Museu da Cultura Literária Piauiense, instalado na Casa de Lucídio Freitas, sede da Academia.
Além disso, a Coleção Centenário vem, desde 2016, fazendo um resgate de obras antigas, importantes, escritas por intelectuais renomados, que tratam sobre o Piauí e sobre tudo que se relaciona com o Estado.

Enem: candidatos devem atentar para horário das provas

O governo federal decidiu não adiar a data do início do horário de verão que este ano coincide com o primeiro dia do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem): o domingo de 4 de novembro.

A decisão foi divulgada na noite de segunda-feira (15) pelo Governo Federal, depois do anúncio de que o horário de verão seria adiado por duas semanas para evitar confusões com os candidatos do Enem 2018.

Com isso, é importante que todos os estudantes que forem realizar as provas fiquem atentos, apesar do estado do Piauí não participar do novo horário, os portões serão fechados de acordo com o horário de Brasília, ou seja, às 13h.

“Muita atenção ao horário das provas, nos dias 4 e 11 de novembro, tanto em um dia quanto no outro, os portões serão fechados às 12 horas, (horário local), quem se confundir e chegar atrasado perderá o exame, o que já aconteceu várias vezes em anos anteriores. Portanto, todos os estudantes piauienses devem estar no local das provas com uma hora de antecedência, às 11h, não esqueçam”, disse o Superintendente de Ensino Superior da Seduc, Ellen Gera.

Segundo o decreto, dez estados, além do Distrito Federal, precisarão adiantar o relógio em uma hora, o que não será o caso da região nordeste.

Região Sul: Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná

Região Sudeste: São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais

Região Centro-Oeste: Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal

Horário das provas (horário OFICIAL de Brasília)

Abertura dos portões: 12h (horário de Brasília) – 11h (Piauí)

Fechamento dos portões: 13h (horário de Brasília) – 12h (Piauí)

Início das provas: 13h30 (horário de Brasília) – 12h30 (Piauí)

Saída permitida a partir das 15h30 (14h30 Piauí) sem o caderno de provas.

Saída liberada com o cartão de provas: 18h30 (horário de Brasília) – 17h30 (Piauí)

Fim da prova: 19h (horário de Brasília) – 18h (Piauí)

Piauí terá professor na Academia Brasileira de Literatura de Cordel

O professor piauiense Wilson Seraine foi convidado para integrar a Academia Brasileira de Literatura de Cordel (ABLC). A solenidade de posse acontecerá nesta sexta (26), a partir das 19h, na sede do Conselho Estadual de Cultura do Piauí.

A indicação de Wilson Seraine foi realizada pelo presidente da ABLC, o poeta Gonçalo Ferreira da Silva. “Convidamos o Wilson para integrar nossa casa, na categoria pesquisador, porque entendemos que o trabalho dele tem contribuído de maneira fundamental para preservar a literatura de cordel”, destaca Gonçalo Ferreira.

“Recebemos o convite com muita honra. Estou feliz por ser lembrado e acolhido pela Academia, que eu respeito há muito tempo. Pertencer à ABLC reforçará, ainda mais, nosso comprometimento com a cultura”, afirma Wilson Seraine.

A admiração de Wilson pela literatura de cordel resultou no livro “A Literatura de Cordel no Ensino de Ciências”. A obra é resultado da dissertação de mestrado defendida por ele, em 2009, e comprova a hipótese de que a literatura de cordel pode colaborar para a compreensão de conteúdos didáticos e que é possível incorporá-la à prática docente.

Em parceria com o cordelista Pedro Costa, que faleceu em 2017, Seraine inovou na apresentação do livro – a introdução e a conclusão vêm em formato de cordel, mostrando, na prática, ao leitor como os versos podem ensinar.

“Pedro Costa foi o primeiro piauiense a ser empossado na ABLC. Era um poeta que valorizava a beleza e a riqueza dessa manifestação cultural tão abrangente”, lembra Wilson.

A solenidade contará com apresentações culturais de violeiros e poetas populares, e a presença do presidente da ABLC, o poeta Gonçalo Ferreira da Silva. O presidente da Academia Piauiense de Letras, Nelson Nery Costa, fará a apresentação de Wilson na abertura do evento.

Wilson Seraine

Wilson Seraine é piauiense, de Teresina. Formado em Licenciatura Plena em Física na Universidade Federal do Piauí (UFPI). Mestre em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Luterana do Brasil (ULBRA-RS). É professor de física do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí (IFPI), autor de 7 livros nos segmentos de educação e cultura popular,  é membro da Academia Piauiense de Literatura de Cordel,  integra o Conselho Estadual de Cultura do Estado do Piauí, preside a 1ª Colônia Gonzagueana do Brasil, localizada em Teresina, e apresenta, na FM Cultura de Teresina, o programa semanal “A Hora do Rei do Baião”.

Wilson estuda há 21 anos a história e obra de Luiz Gonzaga e é considerado um dos especialistas mais respeitados do Brasil quando se trata da vida e obra do “Rei do Baião”.

(ABLC)

A Academia Brasileira de Literatura de Cordel (ABLC) é uma instituição literária, com sede no Rio de Janeiro, que reúne representantes da literatura de cordel. Fundada em 1988, tem a finalidade de promover o intercâmbio cultural, social, artístico, literário e cívico, dentro e fora do Brasil, sem discriminação religiosa, social e político- econômica. O corpo acadêmico da ABLC é composto de 40 cadeiras de membros efetivos.

Teresina recebe Congresso Nacional de Reabilitação entre os dias 14 e 17 de novembro

Entre os dias 14 e 17 de novembro, será realizado em Teresina, o Congresso Nacional de Reabilitação. Os quatro dias do evento promovido pela Associação Reabilitar em parceria com o Centro Integrado de Reabilitação (Ceir), ocorrerá no Gran Hotel Arrey.

De acordo com o superintendente executivo do Ceir, Francisco Alencar, o Congresso irá ofertar uma série de atividades como palestras, workshops, simpósios, conferências, oficinas e cursos.

Entre os principais palestrantes confirmados estão os neurocirurgiões Hougelle Simplício, do Rio Grande do Norte; Carla Moro, de Santa Catarina; Marcelo Riberto de São Paulo; a fisioterapeuta da AACD de São Paulo, Eliene Lima; além dos anfitriões, os neurocirurgiões Francisco Alencar e Benjamim Pessoa Vale e a equipe de reabilitação do Ceir.

As inscrições para o evento estão abertas no site www.reabilitar.org.br/congresso.  Além dos simpósios programados nos quatro dias de evento, nos dias 12, 13 e 14, serão realizados cursos pré-congresso, voltados para diversas áreas da reabilitação, com carga horária de 5 e 10 horas.

Um dos principais objetivos do Congresso é o aprimoramento e a motivação de profissionais e acadêmicos. “O evento está sendo pensado e estruturado para ofertar aos participantes um estudo aprofundado sobre os principais aspectos da reabilitação, que, além de pensar na independência física do paciente, visam à humanização do tratamento e à valorização de vida. É um evento que já nasce grande e tem todas os elementos para ser tornar referência”, diz Francisco Alencar, idealizador do evento.

 A programação científica contará com profissionais renomados do Brasil. O tema do congresso: “Tendências e Novidades em Reabilitação”, dará atenção à reabilitação de três tipos de deficiências: física, intelectual e auditiva e trará o que há de mais atualizado sobre a temática.

O público-alvo é formado por profissionais que atuam em diversas áreas da saúde como médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, psicólogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogas, odontólogos, da educação, entre outros interessados na temática.

Mais informações: www.reabilitar.org.br/congresso

GFit: profissionais da área da saúde lançam programa de emagrecimento no mês de combate à obesidade

A obesidade é considerada uma epidemia moderna e que vem acompanhada de diversas outras doenças graves que afetam a população, sem distinção de idade.  No dia 11 de outubro, instituiu-se o Dia Nacional de Prevenção da Obesidade, criado com o objetivo de alertar para esta doença que hoje é considerada, pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a segunda causa de morte passível de prevenção, atrás apenas do tabagismo.
Ainda de acordo com a OMS, 40% da população brasileira é atingida pelo excesso de peso, e cerca de 700 milhões de pessoas são consideradas obesas. Pensando em ações que possam agir de forma efetiva e realmente motivar pacientes em busca de mais qualidade de vida, a Clínica Gastros em parceria com a RF Assessoria Esportiva, desenvolveu o G-FIT, uma Consultoria Multiprofissional voltada para o gerenciamento do peso, que tem lançamento marcado para o dia 10 de outubro.
O programa conta com um acompanhamento profissional, desenvolvido para atender pessoas interessadas em gerenciar de forma saudável seu peso corporal. Desde pacientes de cirurgia bariátrica, balão intragástrico, pessoas com sobrepeso ou atletas amadores.
No G-FIT cada indivíduo tem a oportunidade de ser acompanhado de forma individualizada por uma equipe profissional, para receber todas as instruções devidas para uma mudança no seu estilo de vida.
O aluno terá assessoria esportiva, nutricionista, endocrinologista, psicólogo, fisioterapeuta, gastroenterologista, além de poder usufruir de produtos e serviços específicos dos parceiros do Programa G-FIT.
Como funciona:
O aluno participará de dois encontros por semana, em horários previamente determinados para acompanhamento multidisciplinar.
Médicos que fazem parte do programa:
Dr. Aderson Aragão – Cirurgião Bariátrico
Dr. Lucídio Leitão – Endoscopista e gastroenterologista
Dra. Vólia Evangelista Araújo Freitas – Nutricionista
Dra. Juliana Loureiro Serra e Silva – Psicóloga
Bruna Leitão – Fisioterapeuta
Dra. Patrícia Mousinho – Endocrinologista
Dr. Daniel Dutra – Gastroenterologista
Dra. Sara Batista – Gastroenterologista
Dra. Larissa Matos – Nutricionista
Dra. Lilian Gomes –  Clínica Médica / Cirurgiã
Professor Rogers – Educador Físico

Teresina é a quinta cidade do Nordeste a conquistar o selo + Turismo

Teresina está certificada com o Selo + Turismo, que reconhece as políticas da capital piauiense na área e possibilita a captação de recursos através do Programa de Desenvolvimento e Estruturação do Turismo (Prodetur + Turismo). A capital é apenas a quinta cidade do Nordeste a receber a certificação e agora se prepara para conseguir R$ 25 milhões junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) para requalificação de áreas turísticas.

 

A solenidade de entrega do selo aconteceu na última segunda-feira, na sede do Ministério do Turismo, em Brasília, e contou com a presença do secretário nacional substituto de Estruturação do Turismo, Paulo Roberto André, do prefeito Firmino Filho e do secretário municipal de planejamento e coordenação, José João Braga.

 

Para conseguir o selo, Teresina teve que atender a certos critérios, como possuir um plano de desenvolvimento do turismo, um conselho municipal da área e uma proposta em acordo com as políticas nacionais. “Teresina atendeu aos requisitos para receber o Selo Oficial +Turismo. O projeto vai trazer mais qualidade ao turismo da capital e dar novo impulso ao desenvolvimento do setor no estado”, disse o secretário Paulo André.

 

Com a certificação do selo, Teresina está apta a captar recursos através do Prodetur + Turismo e agora trabalha para liberar R$ 25 milhões da linha de crédito junto ao BNDES. O dinheiro será investido na Orla do Rio Parnaíba, na Avenida Maranhão, requalificação de áreas do centro da cidade, como a Praça da Bandeira e a Praça Pedro II, e estruturação do Polo de Saúde, área que é um ponto de turismo de negócios.

 

Para o prefeito Firmino Filho, a linha de crédito vai fortalecer a infraestrutura turística da capital piauiense. “Teresina tem uma vocação para a prestação de serviços em setores específicos, como a saúde e o comércio. A priorização que o ministério dá à nossa cidade é um incentivo para investirmos em turismo e consequentemente recebermos melhor nossos visitantes”, garantiu.

 

“Esse selo facilita novas negociações de recursos na área do turismo. Nós pretendemos negociar este recurso com o BNDES para fortalecimento do turismo de negócios e qualificação do centro histórico e comercial da capital”, completou o secretário José João Braga.

 

Este é o quinto selo emitido pela Pasta a municípios do Nordeste, logo após João Pessoa (PB), Natal e Tibau do Sul (RN) e Caucaia (CE).