Notícias

Caminhões inscritos para o Corso começam a ser preparados para a festa


 

O Corso de Teresina, que acontecerá no dia 03 de fevereiro, já conta com alguns caminhões inscritos. Este ano as inscrições tiveram início no dia 02 de janeiro e seguem até o próximo dia 31. As premiações somam R$ 40.000,00. O percurso começa na Avenida Marechal Castelo Branco e segue até a Avenida Raul Lopes.

 

O empresário Gallenny Paulino, coordenador do caminhão Fubica Elétrica, que ficou em 2º lugar no ano passado, conta que a expectativa é que este ano o carro se mantenha nas primeiras colocações. “Já participamos do Corso há oito anos e gostamos muito da folia. Em 2018 nosso investimento para equipar e decorar o caminhão dobrou de valor, estamos bem empolgados. Vamos homenagear o tradicional bloco baiano Filhos de Gandhi, para isso colocaremos uma banda em cima do carro e contaremos com a animação de 70 pessoas”, disse.

 

 

Outro caminhão, já muito tradicional, que todos os anos abre o desfile de carros, é o Caminhão da Acessibilidade. A responsável pelo veículo, Gilmara Costa, afirma que o tema deste ano será Goleada da Acessibilidade, em referência à Copa do Mundo. “Vamos levar para a avenida cerca de 70 pessoas, entre deficientes, pessoas trans, LGBTs, idosos, mulheres vítimas de violência e outras pessoas consideradas minorias. Nosso objetivo é levar ao povo nossa representatividade, mostrar que existimos e somos sabedores dos nossos direitos”, explica.

 

De acordo com os organizadores do evento, a expectativa é que o número de caminhões inscritos aumente na última semana. “Já é costume o pessoal deixar para fazer a inscrição na última semana, quando os temas dos carros já estão definidos. Nossa expectativa é que este ano cerca de 50 caminhões desfilem na avenida. Vamos fazer uma festa bonita e segura”, garante Kleiton Marinho, gerente de promoção artística e cultural da Fundação Municipal Cultural Monsenhor Chaves (FMCMC).

 

As inscrições são gratuitas e podem ser realizadas na sede da FMCMC até o dia 31 de janeiro. No ato da inscrição, é obrigatória a apresentação da cópia da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do motorista condutor e do RG do responsável, além da documentação do caminhão devidamente regularizada.

 

Nesta edição só será permitida a inscrição de carros com ano de fabricação a partir de 1985, além de ficar estabelecida uma meta opcional de doação de 10kg de alimento não perecíveis para cada caminhão.


Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × quatro =