Beleza e Saúde

Nova tecnologia endoscópica garantem precisão no diagnóstico e evitam procedimento cirúrgico


O Piauí vem acompanhando os avanços tecnológicos a favor da medicina para garantir a segurança aos pacientes em diversos procedimentos. A nanotecnologia tem contribuído com os médicos gastroenterologistas a diagnosticar doenças de forma minimamente invasiva. Prova disso foi o uso, pela primeira vez no estado, do Spyglass para tratamento de pedra na vesícula.

O Spyglass – ou “luneta” em português – é um equipamento que garante o diagnóstico, com mais precisão, das doenças do canal da bile e do pâncreas. Na prática, o diferencial é que o aparelho possibilita ter uma visualização direta, com excelente resolução de imagem, dos cálculos (pedras) dos canais biliares e pancreáticos. O equipamento permite também o tratamento dos cálculos maiores que seriam difíceis de serem removidos pelas técnicas endoscópicas convencionais.

O procedimento enche de esperança os pacientes, já que o equipamento garante uma maior segurança para tratamentos do gênero pois não são necessários cortes na pele. O gastroenterologista Dr. Lucídio Balduíno Leitão explica que com o equipamento o impacto é menor e a recuperação é mais rápida.

“Atendemos recentemente um paciente com cálculo intra-hepático (pedra no fígado) que já havia tentado outros procedimentos sem sucesso, mas através do novo método endoscópico usando Spyglass, foi possível a retirada da pedra de dentro do órgão. Este processo evitou um procedimento cirúrgico e complicações maiores ao paciente”, esclareceu o médico.

O médico, especialista da gastroenterologia Dr. Lucídio Balduíno Leitão

Exemplos como esse demonstram que a tecnologia na medicina está transformando os cuidados com a saúde e a forma como os médicos se relacionam com os pacientes. A automação dos procedimentos, fortalecida com a chegada da Internet das Coisas (IoT), o Big Data e a Inteligência Artificial (IA), interferem profundamente no modo como a medicina é aplicada. Essas transformações impactam desde o ensino da profissão, passando pela a atuação prática do médico até a prevenção e tratamento de doenças.

O médico, especialista da gastroenterologia, acredita que muitos resultados positivos serão brevemente alcançados também em diversas outras frentes da saúde. “As inovações serão responsáveis por trazer mais segurança aos pacientes em muitas áreas da saúde. Isso exige dos profissionais da área a capacitação para melhorar as práticas. Nosso papel é buscar conhecimento e fazer com que as inovações cheguem à sociedade, como aliadas na prevenção e combate de doenças”, concluiu o dr. Lucídio Balduíno Leitão.


Previous ArticleNext Article